Trabalho Remoto Institucional é implementado pelo Banco do Brasil

18.03.2022

A Comissão de Empresa dos Funcionários (CEBB) se reuniu nesta quinta-feira (17), com a direção do Banco do Brasil. Na ocasião, o banco apresentou a proposta de Trabalho Remoto Institucional (TRI), a ser implementada ainda este mês. Entenda a proposta O trabalho em home office será de até dois dias na semana. Cada departamento terá, […]

A Comissão de Empresa dos Funcionários (CEBB) se reuniu nesta quinta-feira (17), com a direção do Banco do Brasil. Na ocasião, o banco apresentou a proposta de Trabalho Remoto Institucional (TRI), a ser implementada ainda este mês.

Entenda a proposta

O trabalho em home office será de até dois dias na semana. Cada departamento terá, no máximo, 30% de ausências físicas programadas da dotação da dependência, incluindo-se férias, abonos e funcionários do grupo de risco que já estejam em home office. As ausências não programadas como, por exemplo, licença/atestado médico, não estarão contempladas no cálculo.

A proposta de TRI contemplava poucos locais de trabalho em departamentos. O modelo avançou e contemplará agora demais áreas, como diretorias e unidades. O banco ressaltou que será necessário respeitar os critérios já acordados anteriormente sobre teletrabalho, como a voluntariedade e mútuo acordo entre o banco e o funcionário; além de elegibilidade do processo de trabalho para teletrabalho e elegibilidade do funcionário para esse tipo de trabalho.

“É preciso organização e acompanhamento para que nenhum dos funcionários seja prejudicado com sobrecarga de trabalho ou falta de contemplação do modelo. Vamos acompanhar a implantação, que parece ser importante nesse momento, tendo em vista que muitos ainda não se sentem totalmente à vontade para o retorno 100% presencial e passam por recuperação e readaptação, porém, vale reforçar que qualquer situação que o trabalhador se sinta lesionado, deve ser relatada aos sindicatos para a busca da solução”, explica Elisa Ferreira, representante da Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Escritórios digitais

A CEBB cobrou atenção e melhor avaliação dos funcionários dos Escritórios Digitais e das Centrais de Relacionamento (CRBB), que podem não ser contemplados neste momento.

Principais pontos

  • Autoriza o início do uso do Trabalho Remoto Institucional – TRI, mantendo as premissas do ACT Teletrabalho 2021-2023: elegibilidade dos processos, elegibilidade do funcionário e mútuo
  • Estabelece o percentual diário de ausências físicas dos funcionários (incluindo TRI) em, no máximo, 30% da dotação da unidade.
  • Estabelece a frequência de trabalho remoto em até dois dias na semana ou equivalente mensal caracterizando o trabalho remoto híbrido.
  • Excepcionalmente, para unidades onde as mudanças físicas em função de estratégias adotadas anteriormente impeçam a adoção do TRI na frequência e percentuais acordados com as áreas gestoras, essas condições poderão ser flexibilizadas temporariamente.

Fonte: Contraf-CUT, com edição Feeb SP/MS.

Notícias Relacionadas

Semana reforçou a conscientização sobre o combate às LER/Dort

A data chama atenção para duas doenças que têm relação direta com o trabalho e que atingem milhões de brasileiros Nesta semana, no dia 28 de fevereiro (última quarta-feira) foi o Dia Mundial de combate às Lesões por Esforços Repetitivos (LER) e Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (Dort). A data foi escolhida pela Organização Internacional […]

Leia mais

COE e Itaú discutem revisões nos programas de remuneração

Durante a reunião foram apresentadas modificações nos programas. O movimento sindical deve elaborar contraproposta em breve  A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú realizou nesta quarta-feira (28), em São Paulo, uma reunião com a direção do banco para debater questões relacionadas à remuneração dos funcionários. Durante o encontro, o banco apresentou alterações nos […]

Leia mais

Trabalhadores discutem futuro da Fundação Itaú-Unibanco

Em seminário promovido pela Contraf-CUT e COE Itaú trabalhadores debateram caminhos para aumentar representatividade na gestão do fundo de pensão Trabalhadoras e trabalhadores associados à Fundação Itaú-Unibanco se reuniram, nesta quinta-feira (29), em um seminário organizado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) e pela Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú, […]

Leia mais

Sindicatos filiados