União dos trabalhadores é destaque da abertura da 22ª Conferência Nacional dos Bancários

18.07.2020

Dirigentes bancários são unânimes quanto a necessidade da unidade em torno defesa da vida, dos direitos dos trabalhadores, dos empregos e da democracia A Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul marcou presença na abertura da 22ª Conferência Nacional dos Bancários. O presidente Jeferson Boava, ressaltou a […]

Dirigentes bancários são unânimes quanto a necessidade da unidade em torno defesa da vida, dos direitos dos trabalhadores, dos empregos e da democracia

A Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul marcou presença na abertura da 22ª Conferência Nacional dos Bancários. O presidente Jeferson Boava, ressaltou a importância da unidade das forças que compõem o Comando Nacional. "Em nenhum momento enfrentamos uma conjuntura tão adversa, com um governo que está fora de todo marco civilizatório de nossa sociedade, e não se sensibiliza com a morte das cidadãs e dos cidadãos brasileiros. Por isso, precisamos criar uma frente ampla para promover esse debate no Congresso com todas as forças democráticas do nosso país, assim como fazemos com a unidade das forças que compõem o nosso comando Nacional, que é o motor para tocar a luta de nossa categoria", destacou.

A abertura comandada pela presidenta da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Juvandia Moreira, contou com a participação de convidados especiais como o ex-presidente Lula, o ex prefeito de São Paulo Fernando Haddad, governador do Maranhão, Flávio Dino e o coordenador nacional MTST, Guilherme Boulos. O evento reuniu bancários e bancárias dos mais diversos bancos do país, públicos e privados.

“A gente está em uma campanha defendendo os empregos, a democracia, a soberania, os bancos públicos. O golpe foi para atacar direitos, como a reforma trabalhista e a reforma da Previdência, é a política de entregar as empresas públicas. É nesse cenário que a gente vai fazer uma campanha nacional. A nossa força é nossa unidade, que se expressa aqui hoje”, disse Juvandia.

“Neste ano temos muitos desafios para nossa campanha, com 12 milhões de desempregados, com uma pandemia no país, que infelizmente tem matado muitas pessoas e deixado muitas categorias expostas”, observou a presidenta do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, Ivone Silva, que é uma das coordenadoras do Comando Nacional dos Bancários.

O ex presidente Lula, desejou boa sorte aos bancários na Campanha Nacional e enfatizou a importância da categoria na história. "Companheiros bancários, eu acho que outra vez vocês têm um papel importante na história. Eu não conheço nada de importante que aconteceu de muitos anos pra cá que não tenha uma categoria de trabalhadores envolvida. Eu acho que outra vez vocês vão ter que misturar a luta política com a luta reivindicativa. Porque não é possível a gente consertar o Brasil, se a gente não consertar a politica", disse Lula.

O 22ª Conferência Nacional continua neste sábado, 18. O presidente da Feeb participa da mesa 1 da programação com o tema "Conjuntura econômica".

Confira abaixo a programação completa:

9h – Mesa 1 – Conjuntura econômica
9h50 – Mesa 2 – Conjuntura política e tributária
10h45 – Mesa 3 – O sistema financeiro

13h – Almoço

14h – Mesa 4 – Comunicação, organização e estratégia de atuação
15h – Mesa 5 – Aprovação da minuta, propostas, resoluções e moções

 

Notícias Relacionadas

Eleição Caref BB: Kelly Quirino recebe mais de 60% dos votos

Resultado ainda é preliminar, os números finais serão divulgados no dia 8 de fevereiro pela Comissão Eleitoral Kelly Quirino recebeu 60,70% dos votos para Caref BB no primeiro turno para o cargo que representará os funcionários no Conselho de Administração (CA) do Banco do Brasil, nos próximos dois anos. Com mais da metade dos votos, […]

Leia mais

O pioneirismo na luta pela previdência do trabalhador

Acompanhamos nesta semana a repercussão do Centenário da Previdência Social, completado no dia 24 de janeiro, mesmo dia em que é celebrado o Dia Nacional do aposentado. É fato que a criação da Lei Eloy Chaves, em 1923, foi imprescindível para o estabelecimento das bases do Sistema Previdenciário Brasileiro e o surgimento das Caixas de […]

Leia mais

24 de janeiro de 2023, Centenário da Previdência Social

O dia 24 de janeiro de 2023 marca o centenário da Previdência Social do Brasil, um conjunto de benefícios que teve como base a criação da Lei Eloy Chaves, em 1923. A medida estabeleceu as bases do Sistema Previdenciário Brasileiro ao criar as Caixas de Aposentadorias e Pensões (CAP), na época, destinada apenas aos empregados […]

Leia mais

Sindicatos filiados