VI Congresso Interestadual reconduz Davi Zaia à presidência Federação dos Bancários

04.03.2016

A chapa encabeçada pelo deputado estadual Davi Zaia foi eleita por unanimidade pelos 144 delegados presentes, 114 homens e 30 mulheres. O evento contou com 180 participantes O segundo e último dia de trabalho do VI Congresso Interestadual da Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (FEEB-SP/MS), realizado no Hotel Braston […]

A chapa encabeçada pelo deputado estadual Davi Zaia foi eleita por unanimidade pelos 144 delegados presentes, 114 homens e 30 mulheres. O evento contou com 180 participantes

O segundo e último dia de trabalho do VI Congresso Interestadual da Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (FEEB-SP/MS), realizado no Hotel Braston São Paulo, na região central da cidade, encerrou no início da tarde desta sexta-feira (04).

O presidente da UGT, Ricardo Patah esteve presente na mesa de abertura dos trabalhos e disse que os bancários são um modelo para todas as categorias, devido à sua capacidade de organização e mobilização. "É o único que consegue fazer negociação coletiva nacional e assina uma convenção coletiva única com data específica, é uma categoria que respeita o trabalhador e consegue tratá-lo de forma igualitária", elogiou.

A ordem do dia iniciou com a apresentação da chapa lançada para a eleição da nova diretoria da instituição e também debate e plenária para votação das propostas que nortearão as atividades ao longo da nova gestão.

O Presidente eleito agradeceu a confiança dos companheiros e disse acreditar que "a composição da chapa eleita mantém o caráter da Federação e atende a participação dos sindicatos de forma bastante equilibrada".

Avaliou ainda, que o cenário econômico preocupante indica necessidade de grande mobilização por parte dos trabalhadores diante das perspectivas de piora. "Os trabalhadores em geral, vivem um momento muito preocupante. Já são quase 10 milhões de desempregados e a perspectiva é de que este ano isso possa se agravar ainda mais, o que vai exigir de nós e de todos os trabalhadores uma mobilização muito grande e acima de tudo, de grande participação”.

"É o grande desafio que a gente tem. Conseguir ter serviços públicos de qualidade, pois esse fator também melhora, inclusive, a renda do trabalhador que não precisa gastar com serviços particulares desnecessariamente. Independentemente de quem for eleito, os sindicatos devem ser instrumento de acompanhamento e cobrança para melhora nos serviços públicos de forma geral, temos que ter participação efetiva na mudança da cultura do nosso país”, concluiu lembrando que 2016 é ano de eleição municipal e conclamando a todos e em especial aos dirigentes sindicais ao protagonismo e participação política, com vistas a melhorar a qualidade dos serviços públicos, principal dificuldade na vida dos trabalhadores, uma vez que saúde, educação, transporte coletivo não funcionam de forma adequada.

Para conferir a íntegra do texto com as propostas apresentadas pela chapa e aprovadas em plenária pelos delegados, clique aqui.

Veja abaixo a composição diretoria eleita.

 DIRETORIA DA FEEB SP MS – 2016 / 2020

Presidente: David Zaia
1º Vice-Presidente: Jeferson Rubens Boava
2º Vice-Presidente: José Antonio Fernandes Paiva
3º Vice-Presidente: Geofredo Borges Rocha
1º Secretário: Reginaldo Lourenço Breda
2º Secretário: Itamar Inácio de Faria
1º Diretor Financeiro: Aparecido Donizete Roveroni
2º Diretor Financeiro: José Antonio Gamba 
1º Diretor Administrativo: José Geraldo Fogolin
2º Diretor Administrativo: Julio César Machado
Diretor de Imprensa: Osorio Carbone Filho
Diretor de Formação Sindical: Simone de Andrade Gerosa
Diretor Jurídico: Sidnei de Paula Corral
Diretor de Esportes e Cultura: Geraldo dos Santos
Diretor de Saúde: Moacir Januário 

Conselho Fiscal – Efetivos
Adilson Edno Galvão de França
Lauriberto Antonio Viganon
Telma Regina Rocha Canisso

Delegados Representantes junto a CONTEC – Efetivos
Carlos Roberto Achilles
Luiz Alberto Barreiros

Diretores Suplentes de Diretoria
João Carlos Rodrigues Dias
Harley Ap. Visoná
José Agostinho Colombo
Carlos Francisco Cristaldo Colman
Maria de Lourdes Oliveira
Andre Von Zuben
Ângela Isabel Ulices Savian
Edemilson Aparecido Favaron
Jose Augusto Ribeiro
Sandra Burgueira Delphino
Edilson Ap. da Silva Julian
Maria Aparecida Cassettari
Jose Renato Domingues Zamuner
Paulo Francisco da Silva
Sidney Bastides
Sergio Olivastro
João Analdo de Sousa
Marcelo Baker
Edilson Gonzaga da Silva
José Carlos Rodrigues
Edyl Candido Dias
Daniel Fernando Vitolo Ferreira
Ronaldo Silvino
Nádia Maria Ponce Fontana
José Cristiano Massoni Meibach
Débora Ferreira Machado
Alberto Carlos Corniani
Ricardo dos Santos Filho
Nelson Costa Leite
Roseane Santos Aguiar Nomura
Karine Saruge Milanês Paiva
Maria Aparecida da Silva Altino
Gustavo Moreno Frias
Walmir Gomes
Luciano Quartier

Conselho Fiscal – Suplentes
Claudio Henrique Guedes Vasquez
Jaqueline Bertanha Fini
Alcino Ferreira Neto

Delegados Suplentes Junto à Contec
Adenilson Donizete Guiraldelli
Claudiney da Silva

 

Notícias Relacionadas

Financiários exigem fim de terceirizações e formalização do teletrabalho no setor

Movimento sindical também denunciou o aumento de contratações de correspondentes bancários, repassando os serviços para empresas que não cobrem os mesmos direitos reivindicados pela categoria Representantes dos trabalhadores financiários realizaram, nesta terça-feira (16), mais uma rodada da mesa de negociações com a Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi), desta vez, para […]

Leia mais

COE Santander reitera defesa dos direitos dos empregados durante negociação com o banco

A garantia do emprego foi um dos principais temas reivindicados A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Santander deu início às negociações do acordo específico com o banco, na tarde desta terça-feira (16). A defesa dos direitos dos trabalhadores e a garantia do empregos foram os principais temas debatidos. O movimento sindical cobrou o […]

Leia mais

Banco do Brasil se compromete a não mexer na gratificação dos caixas durante a Campanha Nacional 2024

A garantia foi dada pela direção do banco na terceira mesa de negociação da Campanha Nacional 2024, nesta sexta-feira (12), e tema será tratado durante período de renovação da CCT. O Banco do Brasil se comprometeu a não mexer na gratificação dos caixas durante a Campanha Nacional 2024 e a negociar a pauta durante o […]

Leia mais

Sindicatos filiados