11º dia de greve é marcado pela resistência dos bancários e pela truculência dos bancos

16.09.2016

Em toda a base da Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (FEEB-SP/MS) as paralisações da Greve Nacional dos Bancários que entrou no décimo primeiro dia nesta sexta-feira (16), continuaram fortes, em resposta ao desrespeito da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) para com a categoria, que durante negociação ocorrida na última […]

Em toda a base da Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (FEEB-SP/MS) as paralisações da Greve Nacional dos Bancários que entrou no décimo primeiro dia nesta sexta-feira (16), continuaram fortes, em resposta ao desrespeito da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) para com a categoria, que durante negociação ocorrida na última quinta-feira (15), insistiu na proposta rebaixada (7% de reajuste e R$3,3 mil), que não repõe sequer a inflação do período, de 9,57%. A paralisação foi intensificada pelos trabalhadores, porém, houve truculência por parte dos bancos, principalmente do Bradesco, que forçaram a abertura das agências em muitas cidades.

Mais resistência

“A paralisação de hoje veio com força total em resposta aos ataques dos bancos aos direitos dos trabalhadores bancários, porém, fomos surpreendidos pela truculência aplicada, principalmente pelo Bradesco, abrindo à força agências localizadas em várias cidades da nossa base. O tratamento dado aos trabalhadores hoje não será esquecido e responderemos com ainda mais resistência. Enquanto não houver apresentação de proposta decente por parte da Fenaban a greve continua por tempo indeterminado e na segunda-feira estaremos na luta firmes e fortes, intensificando ainda mais a paralisação”, declara Jeferson Boava, vice-presidente da FEEB-SP/MS.

Foto: Seeb Guaratinguetá 

 

Notícias Relacionadas

Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul entrega minuta de reivindicações à Fenaban

A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) entregou nesta terça-feira (18) à Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) a minuta de reivindicações que servirá de base para a Campanha Nacional de 2024, que visa a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho. A entrega aconteceu em São Paulo, […]

Leia mais

Comando Nacional dos Bancários entregará minuta de reivindicações à Fenaban no dia 18

No mesmo dia, trabalhadores do BB e da Caixa farão a entrega das minutas específicas de cada banco O Comando Nacional dos Bancários entregará à Federação Nacional do Bancos (Fenaban), na próxima terça-feira (18), a minuta de reivindicações que servirá de base à Campanha Nacional de 2024, para a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho […]

Leia mais

Bancários aprovam minuta de reivindicações da Campanha Nacional 2024

Documento, que servirá de base à renovação da Convenção Coletiva de Trabalho da categoria, será entregue à Fenaban no próximo dia 18 Bancárias e bancários, de todo o Brasil, aprovaram, em assembleias realizadas nesta quinta-feira (13), a minuta de reivindicações que servirá de base à Campanha Nacional de 2024, para a renovação da Convenção Coletiva […]

Leia mais

Sindicatos filiados