Agências do BB são paralisadas na baixada santista por falta de condições de trabalho

11.06.2013

O Sindicato dos Bancários de Santos e Região paralisou duas agências do Banco do Brasil -no Guarujá/Pitangueiras e em Bertioga- nesta terça-feira, 11, por falta de condições de trabalho.  “No Guarujá havia nada menos que uma obra dentro da unidade com utilização até de britadeiras produzindo barulho ensurdecedor e muito pó. Totalmente insalubre”, afirma Eneida […]

O Sindicato dos Bancários de Santos e Região paralisou duas agências do Banco do Brasil -no Guarujá/Pitangueiras e em Bertioga- nesta terça-feira, 11, por falta de condições de trabalho. 

“No Guarujá havia nada menos que uma obra dentro da unidade com utilização até de britadeiras produzindo barulho ensurdecedor e muito pó. Totalmente insalubre”, afirma Eneida Koury, Secretaria-Geral do Sindicato.

Em Bertioga a falta de manutenção no sistema de refrigeração dentro da agência também foi combatida com paralisação por 24h. O sindicato pede aos trabalhadores que denuncie as agências que estejam sem condições de trabalho.

Fonte: Feeb-SP/MS, com Sindicato dos Bancários de Santos

Notícias Relacionadas

Conferência Interestadual aprova eixos para Conferência Nacional de 2024

Sindicatos dos Bancários debateram propostas e aprovaram pautas em defesa do trabalhador. Documento será apresentado em Conferência Nacional para discussão na Campanha Salarial de 2024 Delegações de 21 regionais dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul se reuniram nesta quinta e sexta-feira, 11 e 12 de abril, para debater propostas que serão […]

Leia mais

Abertura da Conferência Interestadual da Feeb SP/MS conta com delegações de 21 regionais

  Primeiro dia de evento amplia visão sobre o futuro do Sistema Financeiro, Cenário Econômico Nacional e Avanço Tecnológico  A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) abriu nesta quinta-feira (11) a Conferência Interestadual dos Bancários de 2024. O tema central do evento deste ano é “Categoria […]

Leia mais

Proposta da Caixa para PcD é frustrante

Contudo, houve definição sobre pagamento dos deltas da promoção por mérito A proposta da Caixa Econômica Federal sobre redução de jornada e priorização de empregadas e empregados PcD, ou que tenham filhos de até seis anos com deficiência, frustrou a representação dos trabalhadores. “Na proposta do banco, somente há possibilidade de redução da jornada com […]

Leia mais

Sindicatos filiados