Agências dos cinco maiores bancos são fechadas em Sorocaba por falta de ar condicionado

10.02.2014

Agências do Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú e Santander ficaram fechadas em Sorocaba na última semana. A paralisação, coordenada pelo Sindicato, aconteceu por causa de defeitos nos aparelhos de ar-condicionado. A NR-17 (Norma Regulamentadora) determina no item 17.5.2, que nos locais onde o serviço executado seja intelectual e exija atenção constante, a […]

Agências do Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú e Santander ficaram fechadas em Sorocaba na última semana. A paralisação, coordenada pelo Sindicato, aconteceu por causa de defeitos nos aparelhos de ar-condicionado.

A NR-17 (Norma Regulamentadora) determina no item 17.5.2, que nos locais onde o serviço executado seja intelectual e exija atenção constante, a refrigeração deve estar entre 20 e 23 graus centigrados. “Não é truculência sindical, é Lei! Infelizmente alguns desrespeitam e assim tomamos nossas providências”, afirma o presidente do Sindicato, Júlio César Machado.

Banco Itaú – Jardim Europa
“Em razão da explosão de um transformador de rua, o ar-condicionado do banco foi danificado e a permanência dos funcionários naquele ambiente era insustentável. A agência permaneceu fechada até sexta-feira, quando o aparelho foi arrumado”, conta o presidente do Sindicato. Ele completa que na segunda-feira (10) irão retornar à agência para acompanhar e averiguar se o aparelho estará funcionando a contento.

Santander – Campolim
“Nesta agência o aparelho de ar-condicionado simplesmente ventila o ar saturado e, assim, não há condições de trabalho. A agência esteve fechada na última sexta (07) e os funcionários foram remanejados para outras agências”, diz Julio.

Banco do Brasil – Eden
O sindicato informa que o caso da agência do BB do Eden é o mais grave.

“O problema é o mesmo que verificamos quando visitamos a unidade no dia 27 de dezembro, quando recebemos uma denúncia anônima”, afirma o presidente.

“A situação é insustentável. O ar-condicionado não funciona e os funcionários estão com a camisa colada ao corpo de suor. Os clientes se abanam nas filas e reclamam para os funcionários da péssima condição de atendimento”, denuncia Julio.

“Em dezembro, houve um vazamento de água que molhou o carpete, deixando a agência com mau cheiro. Hoje, o cheiro forte é de cola, pois o serviço de reposição do carpete foi feito neste último final de semana”, complementa.

Após o fechamento da agência, o gerente geral foi até lá acompanhado de dois policiais militares e foi feito um boletim de ocorrência sobre o caso.

Bradesco Centro
O presidente do Sindicato de Sorocaba relata que nas primeiras horas da última sexta-feira o ar condicionado da agência centro do Bradesco não funcionava. Logo após um diretor do sindicato chegar à agência para fiscalização, uma equipe de manutenção foi enviada para início aos reparos e a normalidade foi reestabelecida.

Caixa Federal – Wanel Ville
Houve denúncia de mau funcionamento do aparelho de ar-condicionado. O sindicato entrou em contato com a superintendência regional e ficou acertado que haveria manutenção nesta segunda (10).

Itaú (Itu)
A agência do Itaú (ex-Unibanco), em Itu, também está sem ar-condicionado. A diretoria do sindicato foi ao local e confirmada a informação, foi programada uma paralisação a partir do dia 10 até que o aparelho seja arrumado.
 
Fonte: Sindicato dos Bancários de Sorocaba 

Notícias Relacionadas

Bancários criam Comitê de Luta durante Congresso Nacional

Comitê nacional lutará para defender o BB como instituição pública e em apoio a projeto de Governo que fortaleça o banco e sua função social, de indutor do crescimento econômico com geração de emprego e renda O papel do Banco do Brasil na reconstrução do país foi um dos temas em destaque no 33° Congresso […]

Leia mais

Coe Itaú entrega pauta de reivindicação específica ao Banco

O documento é resultado do Encontro Nacional dos Bancários do Itaú Os representantes da Comissão de Organização dos Empregados (COE) Itaú entregaram nesta quinta-feira (23), a pauta de reivindicação específica do banco. O documento é resultado do Encontro Nacional dos Bancários do Itaú. “Reafirmamos o nosso compromisso com o banco de negociação permanente, através da […]

Leia mais

Campanha Nacional: Bancários definem temas das próximas negociações com os bancos

Demissão em massa pelo Mercantil do Brasil no Rio de Janeiro; abono do banco de horas negativas e retirada de pauta do PL 1043/2019, também foram pautas do primeiro dia de negociação O Comando Nacional dos Bancários definiu nesta quarta-feira (22), os temas das reuniões de negociações com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). Os […]

Leia mais

Sindicatos filiados