Assembleia do Paraná debate emprego no HSBC

08.06.2015

A Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) realizou audiência pública, no último dia 3, para debater os rumos da venda do HSBC e os impactos sobre os bancários e trabalhadores no entorno das agências bancárias e centros administrativos. A audiência, construída pelo Sindicato dos Bancários de Curitiba, (Fetec-CUT PR) e Contraf-CUT, contou com a participação de […]

A Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) realizou audiência pública, no último dia 3, para debater os rumos da venda do HSBC e os impactos sobre os bancários e trabalhadores no entorno das agências bancárias e centros administrativos. A audiência, construída pelo Sindicato dos Bancários de Curitiba, (Fetec-CUT PR) e Contraf-CUT, contou com a participação de representantes de vários setores e dirigentes sindicais; entre eles, os diretores do Sindicato, Gisele e Danilo.

A audiência resultou em uma série de encaminhamentos: criação de um Fórum paranaense em defesa do emprego; realização de audiências nas Assembleias de outros Estados, promovendo o mesmo debate e ampliando apoio da sociedade e parlamentar; acompanhamento da CPI e seus desdobramentos; promover debate acerca da federalização do HSBC; demais entidades devem protocolar pedido de intervenção ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) enquanto terceiro interessado; e campanha em defesa da permanência da sede do HSBC em Curitiba.

Rubens Bueno defende emprego na Câmara

Em discurso no plenário da Câmara, no dia 14 de maio último, o deputado federal Rubens Bueno (PPS-PR), manifestou preocupação com o emprego dos bancários do HSBC, ameaçados pela possível venda do banco inglês. O HSBC tem 20 mil funcionários, dos quais oito mil trabalham na Região Sul. “Não estou aqui, portanto, para defender os interesses de uma instituição financeira multinacional. Minha preocupação é com as consequências que a demissão de milhares de trabalhadores da instituição traria para suas famílias e para a economia brasileira. É isso que nos move e é com esse objetivo que pedimos o envolvimento de todos para a superação dos nossos atuais problemas econômicos”, ressaltou o parlamentar.
O diretor do Sindicato, Danilo Anderson, explica que o discurso do deputado Rubens Bueno é o resultado concreto do corpo a corpo que a Contraf-CUT e a Comissão de Organização dos Empregados (COE) realizou no dias 5 e 6 de maio último em Brasília. “Visitamos vários parlamentares em busca de apoio para a luta em defesa do emprego dos bancários do HSBC. O parlamentar paranaense está ao lado dos bancários”.
 
Fotos: Guina Ferraz e Joka Madruga/SEEB Curitiba.
Texto: SEEB Curitiba

Notícias Relacionadas

CEBB negocia com o banco cláusulas econômicas e representação sindical

Ao término da negociação, bancários leram manifesto pela democracia Bancários do Banco do Brasil se reuniram nesta sexta-feira (12) com o banco para mais uma negociação da Campanha Nacional dos Bancários 2022, que tem por objetivo a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) específico dos trabalhadores do Banco do Brasil e do aditivo à […]

Leia mais

Federação dos Bancários orienta Sindicatos para realização de lives na próxima semana

Objetivo é promover o dialogo com a categoria e fortalecer pautas de luta na Campanha Nacional Conforme orientação do Comando Nacional, todo o movimento sindical deve dialogar com a categoria na próxima semana. A Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul, reforça o pedido para os seus 23 sindicatos filiados, para […]

Leia mais

Negociações entre COE Santander e banco avançam

Esforço dos sindicatos foi fundamental para o avanço de pautas especificas para mulheres Nesta sexta-feira (12), representantes da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Santander se reuniu com o banco para dar continuidade às negociações da Campanha Nacional dos Bancários 2022, que tem por objetivo a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) específico […]

Leia mais

Sindicatos filiados