Aumenta número de multas por fila em bancos

08.10.2020

TodoDia WALTER DUARTE – REGIÃO Em Americana, Procon já autuou nove agências; no ano passado foram sete   Os Procons (Serviço de Proteção e Defesa do Consumidor) de Americana e Campinas multaram 32 agências bancárias desde o início do ano por descumprirem o tempo máximo de espera dos clientes nas filas. O número já representa […]

TodoDia
WALTER DUARTE – REGIÃO

Em Americana, Procon já autuou nove agências; no ano passado foram sete
 
Os Procons (Serviço de Proteção e Defesa do Consumidor) de Americana e Campinas multaram 32 agências bancárias desde o início do ano por descumprirem o tempo máximo de espera dos clientes nas filas. O número já representa 91,43% do total de autuações registrados durante todo ano passado.
 
Em Campinas, 23 multas foram aplicadas de janeiro a agosto pelo Procon local. Em 2009, a cidade registrou 28 notificações.
Em Americana, que tem lei municipal para regular o prazo de espera, o número de autuações em 2010 já é maior do que o registrado nos 12 meses de 2009. São nove ocorrências contra sete.
 
A norma determina que os clientes devam ser atendidos nos caixas em até 15 minutos nos dias considerados normais. Em vésperas e dias após feriados, o tempo de espera não pode ultrapassar 30 minutos. As agências são obrigadas a disponibilizar avisos aos clientes sobre os prazos. A multa prevista em caso de descumprimento é de R$ 10 mil.
 
Em Santa Bárbara d’Oeste, três agências foram multadas em menos de uma semana. Todas as punições foram aplicadas com base no Código de Defesa do Consumidor.
 
Na RMC (Região Metropolitana de Campinas), Cosmópolis, Indaiatuba, Itatiba, Valinhos e Holambra não fiscalizam o atendimento bancário por falta de lei específica. Uma lei estadual, aprovada em 2001 pela Assembleia Legislativa, continua sem regulamentação por parte do governo do Estado.
 
Segundo os órgãos de defesa do consumidor, a maior parte das notificações acontece por meio de denúncia dos clientes. “Nós fiscalizamos os bancos de forma aleatória, mas a grande parte das multas se dá quando o cidadão exerce o seu direito. Ele traz a senha de atendimento e conferimos o horário para autuar a agência”, explica o coordenador do órgão em Americana, Luiz Fernando Feltrin. A Febraban (Federação Brasileira dos Bancos) não se posicionou sobre o número de autuações.

Notícias Relacionadas

Caixa cancela negociação sobre redução de jornada para responsáveis por PcD

Empregados cobram, há mais de um ano, o direito à redução da jornada para pais, mães ou responsáveis por PcD A Caixa Econômica Federal cancelou hoje, na última hora, a reunião de negociação sobre a concessão do direito à redução da jornada para pais, mães ou responsáveis por pessoas com deficiência ou transtorno do espectro […]

Leia mais

União faz a força dos trabalhadores e consagra o “22 de Maio por mais Direitos” em Brasília

23/05/2024 A Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb-SP/MS) foi representada pelo presidente do Sindicato dos Bancários de Campinas, Lourival Rodrigues, durante o 22 de Maio por Mais Direito, realizado ontem (22), em Brasília. O ato uniu a classe trabalhadora de todo o Brasil em […]

Leia mais

Dirigentes da base da Feeb-SP/MS recebem segundo módulo do curso de formação da Contraf-CUT

Programa trata da estruturação histórica das organizações sindicais e da luta dos trabalhadores O Curso de Formação Sindical para Dirigentes, da Secretaria de Formação da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), estreia o seu segundo módulo nesta sexta-feira (17) e no sábado (18) para as bases da Federação dos Bancários de São Paulo […]

Leia mais

Sindicatos filiados