Aumenta número de multas por fila em bancos

08.10.2020

TodoDia WALTER DUARTE – REGIÃO Em Americana, Procon já autuou nove agências; no ano passado foram sete   Os Procons (Serviço de Proteção e Defesa do Consumidor) de Americana e Campinas multaram 32 agências bancárias desde o início do ano por descumprirem o tempo máximo de espera dos clientes nas filas. O número já representa […]

TodoDia
WALTER DUARTE – REGIÃO

Em Americana, Procon já autuou nove agências; no ano passado foram sete
 
Os Procons (Serviço de Proteção e Defesa do Consumidor) de Americana e Campinas multaram 32 agências bancárias desde o início do ano por descumprirem o tempo máximo de espera dos clientes nas filas. O número já representa 91,43% do total de autuações registrados durante todo ano passado.
 
Em Campinas, 23 multas foram aplicadas de janeiro a agosto pelo Procon local. Em 2009, a cidade registrou 28 notificações.
Em Americana, que tem lei municipal para regular o prazo de espera, o número de autuações em 2010 já é maior do que o registrado nos 12 meses de 2009. São nove ocorrências contra sete.
 
A norma determina que os clientes devam ser atendidos nos caixas em até 15 minutos nos dias considerados normais. Em vésperas e dias após feriados, o tempo de espera não pode ultrapassar 30 minutos. As agências são obrigadas a disponibilizar avisos aos clientes sobre os prazos. A multa prevista em caso de descumprimento é de R$ 10 mil.
 
Em Santa Bárbara d’Oeste, três agências foram multadas em menos de uma semana. Todas as punições foram aplicadas com base no Código de Defesa do Consumidor.
 
Na RMC (Região Metropolitana de Campinas), Cosmópolis, Indaiatuba, Itatiba, Valinhos e Holambra não fiscalizam o atendimento bancário por falta de lei específica. Uma lei estadual, aprovada em 2001 pela Assembleia Legislativa, continua sem regulamentação por parte do governo do Estado.
 
Segundo os órgãos de defesa do consumidor, a maior parte das notificações acontece por meio de denúncia dos clientes. “Nós fiscalizamos os bancos de forma aleatória, mas a grande parte das multas se dá quando o cidadão exerce o seu direito. Ele traz a senha de atendimento e conferimos o horário para autuar a agência”, explica o coordenador do órgão em Americana, Luiz Fernando Feltrin. A Febraban (Federação Brasileira dos Bancos) não se posicionou sobre o número de autuações.

Notícias Relacionadas

Bancários criam Comitê de Luta durante Congresso Nacional

Comitê nacional lutará para defender o BB como instituição pública e em apoio a projeto de Governo que fortaleça o banco e sua função social, de indutor do crescimento econômico com geração de emprego e renda O papel do Banco do Brasil na reconstrução do país foi um dos temas em destaque no 33° Congresso […]

Leia mais

Coe Itaú entrega pauta de reivindicação específica ao Banco

O documento é resultado do Encontro Nacional dos Bancários do Itaú Os representantes da Comissão de Organização dos Empregados (COE) Itaú entregaram nesta quinta-feira (23), a pauta de reivindicação específica do banco. O documento é resultado do Encontro Nacional dos Bancários do Itaú. “Reafirmamos o nosso compromisso com o banco de negociação permanente, através da […]

Leia mais

Campanha Nacional: Bancários definem temas das próximas negociações com os bancos

Demissão em massa pelo Mercantil do Brasil no Rio de Janeiro; abono do banco de horas negativas e retirada de pauta do PL 1043/2019, também foram pautas do primeiro dia de negociação O Comando Nacional dos Bancários definiu nesta quarta-feira (22), os temas das reuniões de negociações com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). Os […]

Leia mais

Sindicatos filiados