Bancários começam a traçar estratégias de mobilização

07.05.2013

Para os bancários de sete sindicatos filiados à Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb-SP/MS), a Campanha Nacional de 2013 já começou. Reunidos nesta segunda-feira, dia 6, em Marília, durante o Encontro Regional (Erban) promovido pela Feeb-SP/MS, sindicalistas e bancários de Andradina, Araçatuba, Lins, Marília, São José do Rio Preto, […]

Para os bancários de sete sindicatos filiados à Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb-SP/MS), a Campanha Nacional de 2013 já começou. Reunidos nesta segunda-feira, dia 6, em Marília, durante o Encontro Regional (Erban) promovido pela Feeb-SP/MS, sindicalistas e bancários de Andradina, Araçatuba, Lins, Marília, São José do Rio Preto, Tupã e Votuporanga debateram os cinco principais eixos da campanha deste ano, para atualizar a pauta de reivindicações que será negociada com os banqueiros em setembro, e começaram a traçar estratégias de luta e de mobilização.

"Esse é o primeiro de uma série de quatro encontros regionais que estamos realizando em preparação à Conferência Interestadual, marcada para os dias 20 e 21 de junho, na Colônia de Suarão, quando serão definidas as reivindicações da base para a Conferência Nacional. Os encontros regionais visam aprofundar os debates sobre Remuneração, Emprego, Saúde e Condições de Trabalho, Segurança e Sistema Financeiro Nacional. De cada encontro, tiramos uma série de propostas que serão mais uma vez discutidas e, então, referendadas na Interestadual", afirma Aparecido Roveroni, diretor da Feeb-SP/MS e membro do Comando Nacional dos Bancários.

A data-base da categoria é 1º de setembro e até agosto, conforme antecipa o presidente do Sindicato dos Bancários de Marília e vice-presidente da Feeb-SP/MS, Edilson Julian, a pauta de reivindicações estará totalmente formatada. “Inclusive com o índice de reajuste. A categoria precisa encontrar um índice que recupere as perdas sofridas ao longo de um ano de inflação, e a inflação do período já nos preocupa, e acrescente um ganho real para o fortalecimento salarial. Esta campanha não será fácil, mas o movimento sindical, junto com todos os bancários, está compondo ação fortalecida”, garantiu Julian.

Compareceram ao encontro, que marcou o lançamento regional da Campanha Nacional, aproximadamente, 80 pessoas. O próximo Erban será em Naviraí, no Mato Grosso do Sul, no próximo dia 10 de maio.

Calendário de encontros

Dia 10 de maio | 2º Erban – Sindicato dos Bancários de Naviraí
Sindicatos participantes: Naviraí, Ponta Porã, Três Lagoas e Corumbá.
Horário: 9h
Endereço: Av. Júlio Soares Filho, 38

Dia 22 de maio | 3º Erban – Sindicato dos Bancários de Piracicaba
Sindicatos participantes: Piracicaba, Jaú, Sorocaba, Rio Claro, São Carlos, Ribeirão Preto e Franca.
Horário: 9h
Endereço: Rua XV de novembro, 549

Dia 04 de Junho | 4º Erban – Sindicato dos Bancários de Guaratinguetá
Sindicatos participantes: Guaratinguetá, Campinas, São José dos Campos e Santos.
Horário: 9h
Endereço: Rua 7 de Setembro, 36 – Centro – Guaratinguetá/SP

Fonte: Feeb-SP/MS, com Seeb Marília
 

Notícias Relacionadas

Feeb SP/MS participa de 51º Encontro Nacional CONTEC

Evento em Uberlândia debateu temas de interesse da categoria bancária e aprovou pautas de reivindicações para a Campanha Nacional dos Bancários. A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, representada por seus sindicatos filiados, marcou presença no 51º Encontro Nacional Contec, realizado nos dias 20 e 21 de junho, […]

Leia mais

Trabalhadores do Itaú entregam pauta específica de reivindicações no dia 25

Documento é resultado do encontro nacional, realizado em São Paulo, no dia 6 de junho A Comissão de Organização dos Empregados (COE) vai entregar a minuta específica de reivindicações ao Itaú na próxima terça-feira (25). O documento servirá de base para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) específico do banco. As reivindicações foram […]

Leia mais

Intransigência da Caixa encerra negociações sobre redução de jornada para pais/mães e responsáveis por PcD e neurodivergentes (TEA)

Banco retira da proposta a concessão para empregados PcD, impõe uma série de travas para permitir a redução da jornada para pais/mães/responsáveis de PcD e encerra mesa de negociações após receber questionamentos sobre pontos sensíveis da proposta A reunião que negociaria a redução de jornada para empregadas e empregados da Caixa Econômica Federal com deficiência […]

Leia mais

Sindicatos filiados