Bancários da base da Federação paralisam 445 agências no primeiro dia de greve

19.09.2012

Os Sindicatos da base da Feeb-SP/MS paralisaram 445 agências nesta terça-feira, 18, primeiro dia de greve nacional da categoria. A paralisação é resposta à falta de propostas decentes da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) na mesa de negociação. Os bancários reivindicam reajuste salarial de 10,25%, o que significa 5% de aumento real acima da inflação projetada de […]

Os Sindicatos da base da Feeb-SP/MS paralisaram 445 agências nesta terça-feira, 18, primeiro dia de greve nacional da categoria. A paralisação é resposta à falta de propostas decentes da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) na mesa de negociação. Os bancários reivindicam reajuste salarial de 10,25%, o que significa 5% de aumento real acima da inflação projetada de 4,97% nos últimos 12 meses, os bancos, porém, ofereceram 6%. 

Em todo o país, os bancários fecharam 5.132 agências.

Principais reivindicações dos bancários

– Reajuste salarial de 10,25%, o que significa 5% de aumento real acima da inflação projetada de 4,97% nos últimos 12 meses.

– PLR de três salários mais R$ 4.961,25 fixos.

– Piso da categoria equivalente ao salário mínimo do Dieese (R$ 2.416,38).

– Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) para todos os bancários.

– Auxílio-educação para graduação e pós-graduação.

– Auxílio-refeição, cesta-alimentação e auxílio creche/babá: R$ 622,00.

– Emprego: aumentar as contratações, acabar com a rotatividade, fim das terceirizações, aprovação da Convenção 158 da OIT (que inibe demissões imotivadas) e universalização dos serviços bancários.

– Cumprimento da jornada de 6 horas para todos.

– Fim das metas abusivas e combate ao assédio moral para preservar a saúde dos bancários.

– Mais segurança nas agências e postos bancários.

– Previdência complementar para todos os bancários.

– Contratação total da remuneração, o que inclui a renda variável.

– Igualdade de oportunidades.

Notícias Relacionadas

Trabalhadores do Itaú entregam pauta específica de reivindicações no dia 25

Documento é resultado do encontro nacional, realizado em São Paulo, no dia 6 de junho A Comissão de Organização dos Empregados (COE) vai entregar a minuta específica de reivindicações ao Itaú na próxima terça-feira (25). O documento servirá de base para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) específico do banco. As reivindicações foram […]

Leia mais

Intransigência da Caixa encerra negociações sobre redução de jornada para pais/mães e responsáveis por PcD e neurodivergentes (TEA)

Banco retira da proposta a concessão para empregados PcD, impõe uma série de travas para permitir a redução da jornada para pais/mães/responsáveis de PcD e encerra mesa de negociações após receber questionamentos sobre pontos sensíveis da proposta A reunião que negociaria a redução de jornada para empregadas e empregados da Caixa Econômica Federal com deficiência […]

Leia mais

Caixa afirma que contencioso é insignificante, mas dados disponíveis demonstram o oposto

Fonte: APCEF/SP com informações da Fenae Em uma live realizada nesta terça-feira (18), a Funcef (Fundação dos Economiários Federais) e a Caixa anunciaram que estão abordando o contencioso trabalhista. Segundo Leonardo Groba, diretor jurídico da Caixa, o contencioso atual estaria estimado em cerca de R$ 500 milhões, “não tem grandes proporções, mas a Caixa possui […]

Leia mais

Sindicatos filiados