Bancários de Campinas colocam campanha na rua

19.08.2014

A Campanha Nacional 2014 está na rua. O lançamento aconteceu na tarde desta terça-feira, dia 12, no centro de Campinas, no Largo da Catedral e na Praça Rui Barbosa. O ato foi marcado com falas de diretores do Sindicato dos Bancários de Campinas e Região, distribuição de folheto específico da Campanha, que tem como slogan […]

A Campanha Nacional 2014 está na rua. O lançamento aconteceu na tarde desta terça-feira, dia 12, no centro de Campinas, no Largo da Catedral e na Praça Rui Barbosa. O ato foi marcado com falas de diretores do Sindicato dos Bancários de Campinas e Região, distribuição de folheto específico da Campanha, que tem como slogan “#queremosmais”, e performance da Trupe Além da Lona, que retratou o ritmo alucinante de trabalho dentro dos bancos, a excessiva cobrança de metas e assédio moral, que resultam em adoecimento do trabalhador bancário, a falta de funcionários e a ganância dos banqueiros.

Com o lançamento em praça pública, o passo seguinte é levar a Campanha para dentro dos bancos; ou seja, discutir com a categoria a organização da luta e formas de mobilização.

Primeira rodada dia 19
O Comando Nacional dos Bancários e a Fenaban abrem, nos dias 19 e 20 deste mês de agosto, o processo de negociação da Campanha. Nessa primeira rodada, definida durante a entrega da pauta de reivindicações à Fenaban no último dia 11, serão negociados pontos sobre dois temas: Saúde e Condições de Trabalho. No mesmo dia 11 o Comando entregou as pautas específicas aos representantes do Banco do Brasil e Caixa Federal.

Para o presidente do Sindicato, Jeferson Boava, integrante do Comando, a Campanha entra em nova fase, que exige envolvimento da categoria. “A lucratividade dos bancos no primeiro semestre deste ano deixa claro que é possível atender as reivindicações dos bancários. Porém, os banqueiros só vão responder com seriedade se a categoria pressionar”. A afirmação do presidente sobre os ganhos dos bancos tem como base, por exemplo, o lucro líquido do Bradesco e Itaú no primeiro semestre deste ano: R$ 7,277 bilhões e R$ 9,318 bilhões, respectivamente.

Fonte: Sindicato dos Bancários de Campinas 

Notícias Relacionadas

Bancários criam Comitê de Luta durante Congresso Nacional

Comitê nacional lutará para defender o BB como instituição pública e em apoio a projeto de Governo que fortaleça o banco e sua função social, de indutor do crescimento econômico com geração de emprego e renda O papel do Banco do Brasil na reconstrução do país foi um dos temas em destaque no 33° Congresso […]

Leia mais

Coe Itaú entrega pauta de reivindicação específica ao Banco

O documento é resultado do Encontro Nacional dos Bancários do Itaú Os representantes da Comissão de Organização dos Empregados (COE) Itaú entregaram nesta quinta-feira (23), a pauta de reivindicação específica do banco. O documento é resultado do Encontro Nacional dos Bancários do Itaú. “Reafirmamos o nosso compromisso com o banco de negociação permanente, através da […]

Leia mais

Campanha Nacional: Bancários definem temas das próximas negociações com os bancos

Demissão em massa pelo Mercantil do Brasil no Rio de Janeiro; abono do banco de horas negativas e retirada de pauta do PL 1043/2019, também foram pautas do primeiro dia de negociação O Comando Nacional dos Bancários definiu nesta quarta-feira (22), os temas das reuniões de negociações com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). Os […]

Leia mais

Sindicatos filiados