Bancários definem pauta da Campanha Nacional

21.07.2013

A pauta de reivindicações dos bancários para a Campanha Nacional de 2013 foi definida neste domingo, 21, durante a plenária final da 15ª Conferência, que reuniu 629 delegados de todo o país (422 homens e 207 mulheres); 64 delegados e um observador representaram a Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul […]

A pauta de reivindicações dos bancários para a Campanha Nacional de 2013 foi definida neste domingo, 21, durante a plenária final da 15ª Conferência, que reuniu 629 delegados de todo o país (422 homens e 207 mulheres); 64 delegados e um observador representaram a Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) no evento, que é o fórum máximo de decisão da categoria.

As demandas dos trabalhadores serão entregues à Fenaban (Federação dos Bancos) no dia 30 de julho; a data-base categoria é 1º de setembro.

Os principais itens são reajuste salarial de 11,93%, que corresponde à reposição da inflação projetada do período mais aumento real de 5%; piso de R$ 2.860,21; PLR de três salários mais parcela adicional fixa de R$ 5.553,15; fim da terceirização, das metas abusivas e da rotatividade e mais contratações.

A Conferência decidiu ainda remeter ao Comando Nacional a proposta que cria o Protocolo de Combate às Metas Abusivas, aprovada na Conferência Interestadual da Feeb SP/MS, que estabelece regras para a comercialização de produtos e serviços, para garantir aos trabalhadores uma vida laboral ética e saudável.

> Veja aqui o Protocolo de Combate às Metas Abusivas.

O diretor da Feeb SP/MS e representante da entidade no Comando Nacional dos Bancários, Aparecido Roveroni, destaca que a pauta de reivindicações da categoria aprovada hoje foi amplamente discutida nos últimos meses. “Para preparar os dirigentes para o fórum nacional e identificar as principais demandas dos trabalhadores realizamos quatro encontros regionais (Erbans) e uma Conferência Interestadual, que possibilitaram à nossa delegação ir bem preparada para defender as propostas da base. Além desses encontros, vale ressaltar que a consulta aplicada pelos sindicatos filiados à Feeb SP/MS foi respondida por mais de 11 mil bancários, ou seja, foi um processo muito participativo e democrático”, conclui Roveroni.

Principais reivindicações

• Reajuste salarial de 11,93%: 5% de aumento real, além da inflação projetada de 6,6%;

• PLR: três salários mais R$ 5.553,15;

• Piso: R$ 2.860,21 (salário mínimo do Dieese);

• Vales alimentação, refeição, 13ª cesta e auxílio-creche/babá: R$ 678 ao mês para cada (salário mínimo nacional);

• Melhores condições de trabalho com o fim das metas abusivas e do assédio moral que adoece os bancários;

• Emprego: fim das demissões, mais contratações, aumento da inclusão bancária, combate às terceirizações, especialmente ao PL 4330 que permite que qualquer atividade seja terceirizada e precariza as condições de trabalho, além da aprovação da Convenção 158 da OIT, que proíbe as dispensas imotivadas;

• Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS): para todos os bancários;

• Auxílio-educação: pagamento para graduação e pós;

• Prevenção contra assaltos e sequestros, com fim da guarda das chaves de cofres e agências por bancários;

• Igualdade de oportunidades para bancários e bancárias, com a contratação de pelo menos 20% de trabalhadores afro-descendentes.

Calendário de luta

Até 29/7 – Realização de assembléias para aprovar a pauta definida na 15ª Conferência.

30/7 – Entrega da pauta de reivindicações à Fenaban.

6/8 – Dia Nacional de Luta contra o PL 4330.

12 e 13/8 – Mobilizações em Brasília para convencer os parlamentares a rejeitarem o PL 4330.

22/8 – Dia Nacional de Luta dos Bancários, com passeatas no final do dia.

28/8 – Dia do Bancário, com atos de comemoração e de mobilização.

30/8 – Greve de 24 horas, em defesa da pauta geral dos trabalhadores apresentada ao governo e ao Congresso Nacional apresentada pelas centrais sindicais.

Fonte: Feeb SP/MS, com Contraf
 

Notícias Relacionadas

Bancários criam Comitê de Luta durante Congresso Nacional

Comitê nacional lutará para defender o BB como instituição pública e em apoio a projeto de Governo que fortaleça o banco e sua função social, de indutor do crescimento econômico com geração de emprego e renda O papel do Banco do Brasil na reconstrução do país foi um dos temas em destaque no 33° Congresso […]

Leia mais

Coe Itaú entrega pauta de reivindicação específica ao Banco

O documento é resultado do Encontro Nacional dos Bancários do Itaú Os representantes da Comissão de Organização dos Empregados (COE) Itaú entregaram nesta quinta-feira (23), a pauta de reivindicação específica do banco. O documento é resultado do Encontro Nacional dos Bancários do Itaú. “Reafirmamos o nosso compromisso com o banco de negociação permanente, através da […]

Leia mais

Campanha Nacional: Bancários definem temas das próximas negociações com os bancos

Demissão em massa pelo Mercantil do Brasil no Rio de Janeiro; abono do banco de horas negativas e retirada de pauta do PL 1043/2019, também foram pautas do primeiro dia de negociação O Comando Nacional dos Bancários definiu nesta quarta-feira (22), os temas das reuniões de negociações com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). Os […]

Leia mais

Sindicatos filiados