Bancários do Itaú conquistam PCR de R$ 1.950

17.10.2013

A antecipação da PCR (Participação Complementar nos Resultados) do Itaú, neste ano, será equivalente a R$ 1.950,00, conforme negociado hoje à tarde (17) entre os representantes dos trabalhadores e o Banco. O pagamento será efetuado junto com a antecipação da Participação nos Lucros e Resultados (PLR), que deve acontecer no dia 25. O acordo sobre […]

A antecipação da PCR (Participação Complementar nos Resultados) do Itaú, neste ano, será equivalente a R$ 1.950,00, conforme negociado hoje à tarde (17) entre os representantes dos trabalhadores e o Banco. O pagamento será efetuado junto com a antecipação da Participação nos Lucros e Resultados (PLR), que deve acontecer no dia 25. O acordo sobre a PCR será debatido e votado em assembleia dos funcionários.

Em 2012, o valor da PCR, que é paga de forma linear para todos os funcionários e não pode ser descontada dos programas próprios de remuneração e nem da PLR, foi de R$ 1.800,00. “O valor total da PCR vai depender do retorno sobre o patrimônio líquido (ROE), a ser apresentado no balanço de 2013, e pode chegar a R$ 2.100,00. A possível diferença ou complemento será pago junto com a segunda e última parcela da PLR; ou seja, até março de 2014. Cabe destacar que o único desconto previsto é o do imposto de renda”, esclarece o dirigente sindical e representante da Feeb SP/MS na COE (Comissão de Organização dos Empregados), Mauri Sérgio, que participou da rodada de negociação. Segundo ele, com base nos mesmos parâmetros negociados neste ano, em 2014 a PCR mínima será de R$ 2.080,00 e a máxima de R$ 2.100,00.

Bolsa de estudo

Durante a negociação da PCR, os sindicatos garantiram extensão do auxílio-educação (bolsa de estudo) para a segunda graduação e pós-graduação (cursos presenciais e reconhecidos pelos MEC). Serão distribuídas 5.500 bolsas (cinco mil para funcionários do Banco, sendo mil preferencialmente para portadores de deficiências especiais; e 500 para os trabalhadores das demais empresas da holding). A bolsa corresponde até 70% do valor da mensalidade, limitado ao máximo de R$ 320,00. Os bancários contemplados receberão 11 parcelas.

Texto: Jairo Gimenez – Seeb Campinas

*Atualizado em 21/10/2013

Notícias Relacionadas

Bancários negociam com Federação Nacional dos Bancos nesta segunda-feira (27)

Temas Emprego e Terceirização são os primeiros temas a serem discutidos A Campanha Nacional do Bancário, iniciada na última semana, segue hoje (27) com mais uma negociação. Federações, associações e representação sindical negociam com a Federação Nacional dos Bancos as pautas “Emprego e Terceirização”. Os temas foram definidos pelo Comando Nacional dos Bancários na última […]

Leia mais

Bancários criam Comitê de Luta durante Congresso Nacional

Comitê nacional lutará para defender o BB como instituição pública e em apoio a projeto de Governo que fortaleça o banco e sua função social, de indutor do crescimento econômico com geração de emprego e renda O papel do Banco do Brasil na reconstrução do país foi um dos temas em destaque no 33° Congresso […]

Leia mais

Coe Itaú entrega pauta de reivindicação específica ao Banco

O documento é resultado do Encontro Nacional dos Bancários do Itaú Os representantes da Comissão de Organização dos Empregados (COE) Itaú entregaram nesta quinta-feira (23), a pauta de reivindicação específica do banco. O documento é resultado do Encontro Nacional dos Bancários do Itaú. “Reafirmamos o nosso compromisso com o banco de negociação permanente, através da […]

Leia mais

Sindicatos filiados