Bancários do Santander realizam Dia de Luta

06.12.2022

Protestos ocorreram presencialmente nas agências e pela internet Bancários do Santander, mobilizados pela Comissão de Organização dos Empregados (COE), realizaram nesta terça-feira (06), um Dia de Luta em protesto às decisões do banco espanhol, entre elas, a terceirização, a perda de direitos e mais recentemente a compensação de horas não trabalhadas nos dias dos jogos […]

Protestos ocorreram presencialmente nas agências e pela internet

Bancários do Santander, mobilizados pela Comissão de Organização dos Empregados (COE), realizaram nesta terça-feira (06), um Dia de Luta em protesto às decisões do banco espanhol, entre elas, a terceirização, a perda de direitos e mais recentemente a compensação de horas não trabalhadas nos dias dos jogos do Brasil na Copa 2022.

“É um absurdo o que o banco vem fazendo com os funcionários. As decisões simplesmente são tomadas e comunicadas, sem qualquer abertura para o diálogo. O banco tem passado por cima e desrespeitado, tanto seus funcionários, como a representação sindical”, destaca Patrícia Bassanin, representante da Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS).

Copa do mundo

Sobre a compensação de horas, representantes da COE Santander junto com sindicatos e federações reivindicaram por meio de ofício ao banco, a retirada da exigência. O banco espanhol, portanto, se manteve irredutível ao abono das horas e foi o único a exigir a compensação.

Terceirização

A terceirização dos funcionários tem sido outra luta enfrentada pelos empregados. Nos últimos dois anos, ao menos 9 mil trabalhadores deixaram de ser bancários dentro do Grupo Santander do Brasil.

O movimento sindical realizou no último mês uma Assembleia Nacional para ouvir a opinião dos funcionários quanto ao assunto. Durante a pesquisa, 98,31% dos trabalhadores responderam ser contra o processo de terceirização, que impõe perda de direitos.

“Hoje o dia de luta foi para dar um cartão amarelo ao Santander. Se o banco insistir no desrespeito vai levar cartão vermelho. Basta de fechamento de agências, demissões e processo de terceirização.”, destaca Patrícia

Feeb SP/MS

Sindicados filiados à Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul aderiram ao dia de luta e foram para as agências e unidades bancárias para informar e manifestar em defesa dos direitos do trabalhador. Os representantes e dirigentes sindicais também fizeram o uso das redes sociais para marcarem sua indignação às decisões do Banco.

 

“A agilidade, empenho e participação de todos fortalece a luta da representação sindical em defesa da categoria. Os direitos dos trabalhadores e decisões celebradas nas convenções e acordos não podem ser atravessadas. É preciso dialogar e ouvir os funcionários”, pontua David Zaia, presidente da Feeb SP/MS.

Notícias Relacionadas

Caixa terá processo seletivo para a escolha dos diretores da FUNCEF

Inscrições já foram iniciadas e seguem até a próxima quinta-feira (9/2) Os cargos de diretor-presidente e diretor de Investimentos e Participações Societárias e Imobiliárias da Fundação dos Economiários Federais (FUNCEF) serão escolhidos por meio de processo seletivo. O anúncio foi feito em edital publicado pela Caixa. As inscrições tiveram início na última sexta-feira (3/2) e […]

Leia mais

Santander implementa teletrabalho em áreas administrativas

Modalidade é válida para áreas administrativas e contemplam eixo São Paulo e Rio de Janeiro O Santander anunciou que irá implementar o teletrabalho (home office). A modalidade é válida para bancários das áreas administrativas, lotados majoritariamente no eixo São Paulo e Rio de Janeiro, segundo as regras previstas na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria. As […]

Leia mais

Santander paga PLR e demais adicionais no dia 28 de fevereiro

Representantes da Comissão de Organização de Empregados (COE/Santander) foram informados nesta terça-feira (01), sobre a data de pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR). O valor será creditado no dia 28 deste mês. Junto com a PLR bancárias e bancários do Santander receberão os percentuais do Programa Próprio de Resultados do Santander (PPRS), do […]

Leia mais

Sindicatos filiados