Bancários mantêm greve forte no 10º dia, na região de Campinas

15.10.2015

A greve dos bancários dos setores público e privado expandiu mais hoje (15), décimo dia da paralisação nacional: 261 locais de trabalho (agências e departamentos) fechados, sendo 147 em Campinas e 114 em 32 das 37 cidades da base do Sindicato dos Bancários de Campinas e Região. Ontem, a greve atingiu 253 locais de trabalho […]

A greve dos bancários dos setores público e privado expandiu mais hoje (15), décimo dia da paralisação nacional: 261 locais de trabalho (agências e departamentos) fechados, sendo 147 em Campinas e 114 em 32 das 37 cidades da base do Sindicato dos Bancários de Campinas e Região. Ontem, a greve atingiu 253 locais de trabalho (141 em Campinas e 112 na Região). No país, também ontem, a greve atingiu 11.439 agências e 42 centros administrativos em 26 Estados e no Distrito Federal. No primeiro dia (6) a greve atingiu 159 locais de trabalho na região de Campinas.

Apesar de crescer diariamente de Norte a Sul do país, a greve ainda não ‘sensibilizou’ a Fenaban (Federação Nacional de Bancos), que até o momento permanece calada; ou seja, insiste na proposta rejeitada pela categoria (reajuste de 5,5%, abaixo da inflação, e abono de R$ 2.500,00). Inclusive, ontem, o Comando Nacional dos Bancários se reuniu em São Paulo para avaliar a greve e orientou intensificação da luta para romper com a intransigência dos Bancos.

Para o presidente do Sindicato e integrante do Comando, Jeferson Boava, “a participação dos bancários aumenta a cada dia e o descaso dos Bancos tem servido como combustível. Em Campinas, a greve que começou forte na área central, avança diariamente para os bairros, assim como na Região. O envolvimento dos bancários na greve mostra que sem proposta decente a mobilização continua com força total”.

Plenária dia 19
O Sindicato realiza na próxima segunda-feira, dia 19, a terceira plenária para avaliar a greve. Às 18h30, na sede em Campinas.

Fonte: Sindicato dos Bancários de Campinas e Região

Leia também

Cartaz fixado nas agências chama a atenção da população em Sorocaba

No décimo dia greve, fechamento de agências em Franca e região atinge o maior número

Notícias Relacionadas

Campanha Nacional: Combate ao Assédio Moral volta a ser negociado com Federação Nacional dos Bancos (Fenaban)

Bancos negam que causa de adoecimento está relacionada à cobrança de metas O Comando Nacional dos Bancários se reuniu com a Federação Nacional dos Bancos nesta segunda-feira (15), para mais uma negociação. O combate ao assédio moral foi novamente tema do debate. Apesar de mais uma vez os bancos negarem que a causa do adoecimento […]

Leia mais

CEBB negocia com o banco cláusulas econômicas e representação sindical

Ao término da negociação, bancários leram manifesto pela democracia Bancários do Banco do Brasil se reuniram nesta sexta-feira (12) com o banco para mais uma negociação da Campanha Nacional dos Bancários 2022, que tem por objetivo a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) específico dos trabalhadores do Banco do Brasil e do aditivo à […]

Leia mais

Federação dos Bancários orienta Sindicatos para realização de lives na próxima semana

Objetivo é promover o dialogo com a categoria e fortalecer pautas de luta na Campanha Nacional Conforme orientação do Comando Nacional, todo o movimento sindical deve dialogar com a categoria na próxima semana. A Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul, reforça o pedido para os seus 23 sindicatos filiados, para […]

Leia mais

Sindicatos filiados