Banco do Brasil apresenta reestruturação na área de serviços e infraestrutura

08.01.2016

Sindicatos reivindicam prorrogação dos prazos, manutenção de praça e remuneração dos funcionários envolvidos O Banco do Brasil apresentou ontem (7) aos sindicatos, durante reunião em Brasília, a reestruturação na VISIN (Vice-Presidência de Serviços, Infraestrutura e Operações), com a criação de sete novos centros e centralização de serviços. A reestruturação envolve as principais localidades onde já […]

Sindicatos reivindicam prorrogação dos prazos, manutenção
de praça e remuneração dos funcionários envolvidos

O Banco do Brasil apresentou ontem (7) aos sindicatos, durante reunião em Brasília, a reestruturação na VISIN (Vice-Presidência de Serviços, Infraestrutura e Operações), com a criação de sete novos centros e centralização de serviços. A reestruturação envolve as principais localidades onde já existem os grandes centros de serviços e logística e, praticamente, todos os locais com plataformas PSO. O Secretário Geral da FEEB-SP/MS, Jeferson Boava, participou da reunião.

O BB informou que serão criados diversos cargos. Porém, haverá movimentação de pessoal em várias localidades; as praças mais atingidas serão: Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campo Grande, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, Manaus, Porto Alegre, Recife, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

Nesta sexta-feira (8) o modelo de reestruturação será apresentado aos funcionários. Segundo o cronograma, a implantação deve ocorrer já neste mês de janeiro. E no sistema ARH será disponibilizado o quadro real de aumento ou redução de vagas em cada praça.

Os sindicatos solicitaram ao BB a prorrogação dos prazos, a apresentação de números mais detalhados de cada praça, a garantia de manutenção de praça e remuneração aos funcionários envolvidos, com critério claros nas movimentações e o aproveitamento prioritário nas vagas de ascensão profissional. Os sindicatos solicitaram também que, após a rodada de movimentações, caso não haja aproveitamento e realocação total em cada praça, seja implantado VCP de reestruturação com prazo mínimo de um ano.

Os sindicatos solicitaram ainda uma nova reunião no dia 20 de janeiro para avaliação do processo e apresentação da real necessidade de movimentações em cada praça.

Fonte: Contraf-CUT
Foto: Agnaldo Ferreira de Azevedo (Guina)

Notícias Relacionadas

Feeb SP/MS participa de 51º Encontro Nacional CONTEC

Evento em Uberlândia debateu temas de interesse da categoria bancária e aprovou pautas de reivindicações para a Campanha Nacional dos Bancários. A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, representada por seus sindicatos filiados, marcou presença no 51º Encontro Nacional Contec, realizado nos dias 20 e 21 de junho, […]

Leia mais

Trabalhadores do Itaú entregam pauta específica de reivindicações no dia 25

Documento é resultado do encontro nacional, realizado em São Paulo, no dia 6 de junho A Comissão de Organização dos Empregados (COE) vai entregar a minuta específica de reivindicações ao Itaú na próxima terça-feira (25). O documento servirá de base para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) específico do banco. As reivindicações foram […]

Leia mais

Intransigência da Caixa encerra negociações sobre redução de jornada para pais/mães e responsáveis por PcD e neurodivergentes (TEA)

Banco retira da proposta a concessão para empregados PcD, impõe uma série de travas para permitir a redução da jornada para pais/mães/responsáveis de PcD e encerra mesa de negociações após receber questionamentos sobre pontos sensíveis da proposta A reunião que negociaria a redução de jornada para empregadas e empregados da Caixa Econômica Federal com deficiência […]

Leia mais

Sindicatos filiados