Banco do Brasil reduz salários das funções comissionadas de 6h e impõe adesão ao novo plano

29.01.2013

Federação reúne dirigentes dos sindicatos filiados na quarta-feira para esclarecer dúvidas e dar orientações jurídicas às entidades O Banco do Brasil implantou nesta segunda-feira, 28, o novo Plano de Comissões com Jornada de 6h e apresentou a versão completa às entidades sindicais, em reunião realizada em São Paulo. No último dia 22, em Brasília, o […]

Federação reúne dirigentes dos sindicatos filiados na quarta-feira para esclarecer dúvidas e dar orientações jurídicas às entidades

O Banco do Brasil implantou nesta segunda-feira, 28, o novo Plano de Comissões com Jornada de 6h e apresentou a versão completa às entidades sindicais, em reunião realizada em São Paulo. No último dia 22, em Brasília, o banco se limitou em apresentar o esboço do plano. Veja aqui.

Apesar de reivindicado desde o término da Campanha de 2012, o BB não abriu nenhum processo de negociação específica. Para o Banco, “gestão” não se negocia.

O secretário-geral da Feeb-SP/MS e membro da CE BB, Jeferson Boava, avalia que “o novo plano, é verdade, resulta da mobilização deflagrada pelos sindicatos em defesa da jornada de 6h para todos, indistintamente. Ao adotar o novo plano o BB reconhece a ilegalidade cometida e cria mais de 20 mil cargos de 6h, porém o plano ainda é incompleto – não contempla todos”. Além disso, “o novo plano deveria ser negociado e não imposto”, diz.

Diante da intransigência da instituição, a Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb-SP/MS) reúne dirigentes de sindicatos filiados, funcionários do BB, nesta quarta-feira, dia 30, às 9h30, para discutir o novo plano. O objetivo do encontro é preparar os sindicatos e subsidiá-los com informações e orientações jurídicas para as plenárias que serão realizadas com os trabalhadores.

Aparecido Roveroni, diretor da Feeb-SP/MS, reforça que os funcionários não devem tomar qualquer decisão antes de quarta-feira, sem saber exatamente quais serão os impactos do novo plano em sua carreira. "É importante que aguardem as orientações de seus sindicatos”, frisa.

 Fonte: Feeb-SP/MS

Notícias Relacionadas

Conferência Interestadual aprova eixos para Conferência Nacional de 2024

Sindicatos dos Bancários debateram propostas e aprovaram pautas em defesa do trabalhador. Documento será apresentado em Conferência Nacional para discussão na Campanha Salarial de 2024 Delegações de 21 regionais dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul se reuniram nesta quinta e sexta-feira, 11 e 12 de abril, para debater propostas que serão […]

Leia mais

Abertura da Conferência Interestadual da Feeb SP/MS conta com delegações de 21 regionais

  Primeiro dia de evento amplia visão sobre o futuro do Sistema Financeiro, Cenário Econômico Nacional e Avanço Tecnológico  A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) abriu nesta quinta-feira (11) a Conferência Interestadual dos Bancários de 2024. O tema central do evento deste ano é “Categoria […]

Leia mais

Proposta da Caixa para PcD é frustrante

Contudo, houve definição sobre pagamento dos deltas da promoção por mérito A proposta da Caixa Econômica Federal sobre redução de jornada e priorização de empregadas e empregados PcD, ou que tenham filhos de até seis anos com deficiência, frustrou a representação dos trabalhadores. “Na proposta do banco, somente há possibilidade de redução da jornada com […]

Leia mais

Sindicatos filiados