Banco Mercantil do Brasil garante que não haverá demissões em massa

14.02.2022

Nesta semana o banco Mercantil do Brasil se pronunciou que não haverá demissões em massa. O posicionamento se deu após o banco ser questionado pela representação dos trabalhadores sobre as alterações de agências em postos de atendimentos, motivo que gerou preocupação no ambiente bancário, após funcionários, clientes e usuários do Banco Mercantil do Brasil serem […]

Nesta semana o banco Mercantil do Brasil se pronunciou que não haverá demissões em massa. O posicionamento se deu após o banco ser questionado pela representação dos trabalhadores sobre as alterações de agências em postos de atendimentos, motivo que gerou preocupação no ambiente bancário, após funcionários, clientes e usuários do Banco Mercantil do Brasil serem surpreendidos com cartazes afixados nas unidades bancárias, anunciando a transformação de agências em Postos de Atendimento Avançado.

 

De acordo com o banco, as mudanças passam a valer a partir do dia 14 de março de 2022. As unidades a serem transformadas são as dos municípios: Juiz de Fora e Divinópolis (Minas Gerais), Araras, Limeira, Campinas e Bragança (São Paulo).

Denúncia

A representação dos trabalhadores também levou ao conhecimento da direção do banco, relatos dos bancários sobre a cobertura de horário de almoço dos vigilantes. De acordo com denúncias, os funcionários estão sendo obrigados a cobrirem o horário de almoço dos vigilantes e submetidos à atividade de controle da porta giratória, desviando totalmente da função bancária e proibido por lei. Sobre o assunto o a Comissão ainda aguarda pronunciamento oficial do banco.

 

Notícias Relacionadas

Semana reforçou a conscientização sobre o combate às LER/Dort

A data chama atenção para duas doenças que têm relação direta com o trabalho e que atingem milhões de brasileiros Nesta semana, no dia 28 de fevereiro (última quarta-feira) foi o Dia Mundial de combate às Lesões por Esforços Repetitivos (LER) e Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (Dort). A data foi escolhida pela Organização Internacional […]

Leia mais

COE e Itaú discutem revisões nos programas de remuneração

Durante a reunião foram apresentadas modificações nos programas. O movimento sindical deve elaborar contraproposta em breve  A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú realizou nesta quinta-feira (28), em São Paulo, uma reunião com a direção do banco para debater questões relacionadas à remuneração dos funcionários. Durante o encontro, o banco apresentou alterações nos […]

Leia mais

Trabalhadores discutem futuro da Fundação Itaú-Unibanco

Em seminário promovido pela Contraf-CUT e COE Itaú trabalhadores debateram caminhos para aumentar representatividade na gestão do fundo de pensão Trabalhadoras e trabalhadores associados à Fundação Itaú-Unibanco se reuniram, nesta quinta-feira (29), em um seminário organizado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) e pela Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú, […]

Leia mais

Sindicatos filiados