Bancos brasileiros foram mais rentáveis do que os dos EUA em 2015

28.03.2016

Levantamento da Economatica mostra que a rentabilidade das instituições brasileiras aumentou no ano passado, mas caiu nas norte-americanas (Marcelle Gutierrez) Os bancos brasileiros de capital aberto foram mais rentáveis em 2015 do que os norte-americanos. Segundo estudo da Economatica, a mediana do indicador Rentabilidade sobre o Patrimônio (ROE) das instituições brasileiras subiu de 8,04% em […]

Levantamento da Economatica mostra que a rentabilidade das instituições brasileiras aumentou no ano passado, mas caiu nas norte-americanas (Marcelle Gutierrez)

Os bancos brasileiros de capital aberto foram mais rentáveis em 2015 do que os norte-americanos.

Segundo estudo da Economatica, a mediana do indicador Rentabilidade sobre o Patrimônio (ROE) das instituições brasileiras subiu de 8,04% em 2014 para 10,78% em 2015, contra uma queda de 8,47% para 7,92% dos bancos dos Estados Unidos.

No histórico da rentabilidade, o maior nível atingido de ROE dos bancos brasileiros foi em 2007, de 21,07% e o menor nível em 2014, de 8,04%. No caso dos EUA, o maior foi em 2000, de 16,31%, e o menor em 2009, de 2,81%.

Uma segunda análise da Economatica considera somente os bancos com ativos acima de US$ 100 bilhões. Nesse caso, oito bancos norte-americanos lideram a lista, sendo o maior ativo do JPMorgan Chase, de US$ 2,351 trilhões.

Do Brasil, o maior é o Banco do Brasil, com US$ 358,822 bilhões. Na lista ainda aparecem Itaú Unibanco, de US$ 348,077 bilhões; Bradesco, com US$ 260,937 bilhões; e Santander Brasil, de US$ 173,492 bilhões.

Nesta análise sobre os grandes bancos, a mediana do ROE dos brasileiros passou de 18,23% em 2014 para 20,06% em 2015. Nos Estados Unidos, a mediana do ROE passou de 9,68% para 8,37%.

O maior é o Itaú Unibanco, com 22,97%, seguido pelo Bradesco (20,21%), Banco do Brasil (19,91%) e Santander Brasil (12,48%).

Fonte: Estadão

Notícias Relacionadas

Dirigentes da base da Feeb-SP/MS recebem segundo módulo do curso de formação da Contraf-CUT

Programa trata da estruturação histórica das organizações sindicais e da luta dos trabalhadores O Curso de Formação Sindical para Dirigentes, da Secretaria de Formação da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), estreia o seu segundo módulo nesta sexta-feira (17) e no sábado (18) para as bases da Federação dos Bancários de São Paulo […]

Leia mais

Bancários se preparam para Conferência Nacional da categoria

Consulta aos trabalhadores nas bases sindicais de todo o país e conferências estaduais e regionais servirão de subsídio para os debates nacionais que levarão à construção da pauta de reivindicações e da estratégia da Campanha Nacional 2024 Bancárias e bancários de todo o país se reúnem, em São Paulo, entre os dias 4 e 9 […]

Leia mais

Lucro da Caixa cresceu 49% no 1º trimestre de 2024

Com 1,56 milhão de novos clientes e 168 empregados a menos no quadro de pessoal, aumenta também a sobrecarga A Caixa Econômica Federal anunciou na noite de quarta-feira (15) um lucro líquido recorrente de R$ 2,88 bilhões no primeiro trimestre de 2024, alta de 49,1% em comparação ao mesmo período de 2023 e de 0,5% em relação […]

Leia mais

Sindicatos filiados