BB: Bancários negociam Banco de Horas e Teletrabalho

04.08.2022

Temas voltam a ser discutidos na próxima semana A Comissão de Empresa dos Funcionáriosdo Banco do Brasil (CEBB) se reuniu nesta quarta-feira (4), com representantes do Banco do Brasil para uma nova rodada de negociação. O encontro faz parte da Campanha Nacional dos bancários e objetiva a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) específico […]

Temas voltam a ser discutidos na próxima semana

A Comissão de Empresa dos Funcionáriosdo Banco do Brasil (CEBB) se reuniu nesta quarta-feira (4), com representantes do Banco do Brasil para uma nova rodada de negociação. O encontro faz parte da Campanha Nacional dos bancários e objetiva a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) específico do Banco do Brasil. A rodada abordou pautas especificas do banco, entre elas, Banco de horas e Teletrabalho.

O movimento sindical destacou, entre as demandas, aumento de dias em teletrabalho, aumento de funcionários na atividade e áreas abrangidas, e aumento da ajuda de custo para quem realiza a modalidade. “O banco inclusive já apresentou inúmeros estudos que mostram que o aumento da produtividade com funcionários em teletrabalho geram redução de custo para a empresa, o que embasa nossos pedidos”, explica Elisa Ferreira, representante da Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Os representantes reivindicaram, também, anistia para o Banco de Horas. “Ocorre que a pandemia se estendeu por um período maior do que o previsto, sendo uma questão sanitária mundial e não um problema individual de cada funcionário, por isso entendemos que o correto é a aplicação da anistia para o caso”, explica.

Em resposta, o banco negou o pedido de anistia para o banco de horas, assim como a ampliação da ajuda de custo para o teletrabalho. O argumento usado foi o de que o funcionário terá redução dos gastos e, portanto, economia com o transporte. Com relação à ampliação do quadro, o banco pronunciou que há a intenção de ampliar o percentual de funcionários, porém, também se negou a firmar compromisso.

Diante do contexto, os funcionários solicitaram pausa na reunião para que o banco atualize as informações sobre o banco de horas negativas e o tema volte a ser discutido na próxima reunião. “A intenção é prosseguir com o tema e reafirmar a importância de concretizarmos avanços com relação ao teletrabalho, lembrando da vanguarda que foi nossa categoria nesse assunto, ao assinar acordo de teletrabalho com vários bancos durante a pandemia”, defende Elisa.

Confira as datas para as próximas reuniões:

Sexta-feira – 5 de agosto – Cláusulas sociais (adiada e data ainda não prevista)
Terça-feira – 9 de agosto – Saúde e Condições de Trabalho
Sexta-feira – 12 de agosto – Cláusulas Econômicas
Quarta-feira – 17 de agosto – Representação

Notícias Relacionadas

Comando Nacional dos Bancários entregará minuta de reivindicações à Fenaban no dia 18

No mesmo dia, trabalhadores do BB e da Caixa farão a entrega das minutas específicas de cada banco O Comando Nacional dos Bancários entregará à Federação Nacional do Bancos (Fenaban), na próxima terça-feira (18), a minuta de reivindicações que servirá de base à Campanha Nacional de 2024, para a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho […]

Leia mais

Bancários aprovam minuta de reivindicações da Campanha Nacional 2024

Documento, que servirá de base à renovação da Convenção Coletiva de Trabalho da categoria, será entregue à Fenaban no próximo dia 18 Bancárias e bancários, de todo o Brasil, aprovaram, em assembleias realizadas nesta quinta-feira (13), a minuta de reivindicações que servirá de base à Campanha Nacional de 2024, para a renovação da Convenção Coletiva […]

Leia mais

Contraf-CUT pede informações à Caixa sobre PDV

Objetivo é garantir a transparência do processo e amenizar ansiedade dos trabalhadores A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) enviou, nesta terça-feira (11), um ofício à Caixa Econômica Federal solicitando informações sobre o Programa de Desligamento Voluntário (PDV) do banco. No ofício, a Contraf-CUT observa que “o prazo de adesão” ao PDV “se […]

Leia mais

Sindicatos filiados