BB para contra plano de comissões, em Campinas

20.02.2013

O Dia Nacional de Luta contra o plano de comissões do BB, hoje (20/02), foi marcado em Campinas com paralisação dos serviços na agência Centro/Costa Aguiar, no período das 7h às 10h. O protesto contra o denominado “Plano de Funções de Confiança e de Funções Gratificadas”, implantado de forma unilateral pelo Banco do Brasil, contou […]


O Dia Nacional de Luta contra o plano de comissões do BB, hoje (20/02), foi marcado em Campinas com paralisação dos serviços na agência Centro/Costa Aguiar, no período das 7h às 10h. O protesto contra o denominado “Plano de Funções de Confiança e de Funções Gratificadas”, implantado de forma unilateral pelo Banco do Brasil, contou com envolvimento de comissionados e apoio dos funcionários de 6h. Durante a manifestação os diretores do Sindicato dos Bancários de Campinas distribuíram carta aberta intitulada Jornada de 6 horas sem redução de salários e direitos. “A mobilização nacional tem como objetivo pressionar a diretoria do BB a abrir negociação sobre o plano, que impacta negativamente na carreira profissional, incluindo redução salarial. O protesto inclusive contempla compromisso assumido pelo Sindicato durante plenária no dia 30 de janeiro, que contou com a participação de 110 funcionários. Na ocasião, a batalha judicial e mobilização dentro dos locais de trabalho foram definidas como os primeiros passos da luta”, avalia o presidente do Sindicato e integrante da Comissão Executiva de Empresa (CEE), Jeferson Boava.

Comando: Nesta sexta-feira, dia 22, o Comando Nacional dos Bancários se reúne para discutir o calendário da Campanha Nacional de 2013. O novo plano de comissões do BB também está na pauta de discussão do Comando.

Comando reúne-se dia 22 para definir calendário da Campanha Nacional 2013

Justiça prorroga prazo

A juíza Ana Lúcia Cogo Casari Castanho Ferreira, da 7ª Vara do Trabalho de Campinas, concedeu no último dia 31 de janeiro liminar que prorroga até o dia 6 de março o prazo para os funcionários enquadrados como Função de Confiança (FC) se manifestar sobre o termo de posse, adesão ao novo “Plano de Funções de Confiança e de Funções Gratificadas”, em ação ingressada pelo Sindicato no mesmo dia. Implantado unilateralmente no último dia 28, o Banco do Brasil havia definido prazo até o dia 4 deste mês de fevereiro.

Em sua sentença, a juíza Ana Lúcia considera que “…não se apresenta razoável o prazo dado pela reclamada de 28/01/13 a 04/02/2013 para os bancários analisarem detidamente o novo plano de cargos e salários instituído, com substancial alteração dos contratos de trabalho”. Em outro trecho, diz a juíza: “…Determino que a reclamada abstenha-se de exigir a manifestação dos substituídos antes da data de 06/03/2013 inclusive, sob pena de multa de R$ 100.000,00 (cem mil reais) pelo ato de desobediência à presente ordem judicial, mais multa diária de R$ 10.000,00 (dez mil reais) pela continuidade do descumprimento”.
 

Fonte: Seeb Campinas

Notícias Relacionadas

Conferência Interestadual aprova eixos para Conferência Nacional de 2024

Sindicatos dos Bancários debateram propostas e aprovaram pautas em defesa do trabalhador. Documento será apresentado em Conferência Nacional para discussão na Campanha Salarial de 2024 Delegações de 21 regionais dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul se reuniram nesta quinta e sexta-feira, 11 e 12 de abril, para debater propostas que serão […]

Leia mais

Abertura da Conferência Interestadual da Feeb SP/MS conta com delegações de 21 regionais

  Primeiro dia de evento amplia visão sobre o futuro do Sistema Financeiro, Cenário Econômico Nacional e Avanço Tecnológico  A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) abriu nesta quinta-feira (11) a Conferência Interestadual dos Bancários de 2024. O tema central do evento deste ano é “Categoria […]

Leia mais

Proposta da Caixa para PcD é frustrante

Contudo, houve definição sobre pagamento dos deltas da promoção por mérito A proposta da Caixa Econômica Federal sobre redução de jornada e priorização de empregadas e empregados PcD, ou que tenham filhos de até seis anos com deficiência, frustrou a representação dos trabalhadores. “Na proposta do banco, somente há possibilidade de redução da jornada com […]

Leia mais

Sindicatos filiados