BC aprova compra do HSBC pelo Bradesco

06.01.2016

O Banco Central aprovou nesta terça-feira, 5, a aquisição de 100% do capital social do HSBC Brasil e do HSBC Serviços e Participações pelo Bradesco, conforme adiantou o Broadcast, serviço de informações da Agência Estado. Falta, agora, o aval do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). O Bradesco anunciou a aquisição do HSBC em agosto […]

O Banco Central aprovou nesta terça-feira, 5, a aquisição de 100% do capital social do HSBC Brasil e do HSBC Serviços e Participações pelo Bradesco, conforme adiantou o Broadcast, serviço de informações da Agência Estado. Falta, agora, o aval do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

O Bradesco anunciou a aquisição do HSBC em agosto do ano passado por US$ 5,2 bilhões. Sua proposta superou a do espanhol Santander que chegou ao final da disputa pelo ativo. Ao longo das negociações, o Itaú Unibanco também olhou os números do banco e chegou a fazer uma proposta não-vinculante, mas não seguiu adiante.

 Bradesco comprou a operação brasileira do HSBC num negócio que envolveu US$ 5 bilhões (cerca de R$ 19 bilhões)

 Para que a operação seja concluída, cabe às instituições executarem os atos previstos na legislação. O BC informou que a aprovação também compreende a assinatura de um Acordo em Controle de Concentração (ACC), que prevê o compartilhamento com os clientes de sinergias obtidas pela instituição compradora (Bradesco). O ACC inclui manutenção de valor de tarifas e de agências e também a melhora no atendimento de clientes. Esse acordo será fechado entre o BC e o Bradesco "nos próximos dias" e levará em conta as condições já acordadas entre as partes. Um extrato desse acordo será divulgado "oportunamente", informou o órgão regulador.

 O BC também aprovou a transformação da HSBC Leasing em banco de investimento, conforme divulgação feita no Diário Oficial da União desta terça-feira, 5. Essa empresa do HSBC não foi adquirida pelo Bradesco e o grupo HSBC Internacional continuará operando no Brasil com foco em atacado.

Fonte: Estadão

Notícias Relacionadas

Santanderprevi: Alteração de perfil de investimento pode ser feita até 18 de março

Participantes têm prazo para ajustar preferências de investimento, com vigência a partir de 1º de abril Os participantes do Santanderprevi têm até o dia 18 de março para alterar seu perfil de investimento, com vigência a partir de 1º de abril. Se nenhuma mudança for solicitada, o perfil será mantido. Os perfis disponíveis são conservador […]

Leia mais

Representantes da Feeb SP/MS prestigiam homenagem aos 70 anos do Sindicato dos Bancários de Campinas

Sessão na Câmara Municipal de Campinas celebrou a data com a presença de autoridades políticas, sindicalistas e membros da comunidade Representantes da Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) participaram da homenagem feita pela Câmara dos Vereadores de Campinas ao Sindicato dos Bancários de […]

Leia mais

SANTANDER: Banco anuncia avanços em reunião com representantes dos funcionários

Negociações com a COE avança em medidas de benefício e capacitação O Santander anunciou nesta quinta-feira (22), durante a reunião com representantes da Comissão de Organização de Empregados (COE) Santander, avanços em medidas que beneficiam os funcionários. O encontro ocorreu em formato híbrido e contou com a participação de representantes dos funcionários e do banco. […]

Leia mais

Sindicatos filiados