Bradesco e Santander anunciam medidas contra Coronavírus

17.03.2020

Decisão foi tomada um dia após reivindicação à Fenaban Dentre as medidas preventivas anunciadas nesta terça-feira, 17, pelos bancos Bradesco e Santander estão a liberação de home office para funcionários que fazem parte do grupo de risco. O objetivo é reduzir o contágio do Covid-19, o novo coronavírus. A Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários […]

Decisão foi tomada um dia após reivindicação à Fenaban

Dentre as medidas preventivas anunciadas nesta terça-feira, 17, pelos bancos Bradesco e Santander estão a liberação de home office para funcionários que fazem parte do grupo de risco. O objetivo é reduzir o contágio do Covid-19, o novo coronavírus.

A Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb-SP/MS) se reuniu na tarde de ontem, 16, com o Comando Nacional dos Bancários e reivindicou posicionamento junto à Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) contra o coronavírus. O pedido de medidas para conter o avanço da epidemia já havia sido oficializado na semana anterior pela Federação.

Homens e mulheres reunidos em sala sentados em volta de bancada de mesa com papeis e computadores sobre a mesa

De acordo com o presidente do Santander Brasil, Sérgio Rial, “contra o medo, não há nada tão eficaz quanto a informação e a ciência” e diz que o banco está “fazendo tudo para garantir, na medida do possível, que o nosso ambiente se mantenha seguro e controlado”.
Já a coordenadora da Comissão de Organização de Empregados (COE) do Bradesco, Magaly Fagundes tais medidas atendem a reivindicação dos trabalhadores. “O Bradesco atendeu a reivindicação dos trabalhadores e isso irá colaborar para que a epidemia não cresça dentro do banco. O banco disse ainda que está estudando como esse período será computado no ponto eletrônico”, afirma.

Nos departamentos e agências do Bradesco ficam definidos o afastamento de funcionários mais vulneráveis. Celulares corporativos devem ser mantidos mesmo durante o isolamento, de modo que o trabalhados fique à disposição do Banco. Considera-se grupo de risco trabalhadores com mais de 60 anos, transplantados, pessoas em tratamento de câncer, estagiários, menores aprendizes e pessoas com doenças crônicas. Conforme solicitação do movimento sindical, o banco incluiu ainda mulheres grávidas no grupo de pessoas vulneráveis.

Aos trabalhadores do Santander, a rotina de home office também foi implantada . O banco acredita que esta é uma forma de reduzir a densidade de pessoas nos locais de trabalho e a circulação pelas cidades. Orientações sobre higiene pessoal e dos equipamentos que cada funcionário, bem como evitar a presença em ambientes onde haja aglomerações de pessoas e a adoção de novas formas de cumprimentos, também foram ressaltadas. O Comitê Executivo do banco decidiu ainda, de forma excepcional, antecipar o 100% do 13º salário (as duas parcelas) de todos os funcionários. Os valores serão pagos no dia 30 de abril. Além destas, o banco também aumentará em 10% o limite do cartão de crédito de todos os funcionários que não têm dívidas em atraso com o banco.

Para o Santander é importante que sejam evitadas visitas comerciais e que os clientes que apresentem sintomas compatíveis com a doença sejam instruídos a não visitarem as agências. Cuidados adicionais, como lavar as mãos após manusear itens como dinheiro e boletos e, nas lojas mais expostas, como as que têm grande fluxo de beneficiários do INSS, também foram salientadas.

"A Federação SP/MS está acompanhando diariamente as demandas dos sindicatos e dos bancários, estamos atentos na defesa intransigente da saúde e das condições de trabalho”, conclui Jefferson Boava, vice-presidente da Feeb.  

Notícias Relacionadas

Santander implementa teletrabalho em áreas administrativas

Modalidade é válida para áreas administrativas e contemplam eixo São Paulo e Rio de Janeiro O Santander anunciou que irá implementar o teletrabalho (home office). A modalidade é válida para bancários das áreas administrativas, lotados majoritariamente no eixo São Paulo e Rio de Janeiro, segundo as regras previstas na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria. As […]

Leia mais

Santander paga PLR e demais adicionais no dia 28 de fevereiro

Representantes da Comissão de Organização de Empregados (COE/Santander) foram informados nesta terça-feira (01), sobre a data de pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR). O valor será creditado no dia 28 deste mês. Junto com a PLR bancárias e bancários do Santander receberão os percentuais do Programa Próprio de Resultados do Santander (PPRS), do […]

Leia mais

Feeb SP/MS monta grupo de trabalho para discutir metas com Banco Itaú

Prazo para organização de grupos de representação se encerrou no último dia 31 Bancários representados pela Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul formalizaram o pedido junto ao banco para montagem de um grupo de trabalho para discussão de metas. De acordo com a cláusula 87 da Convenção Coletiva […]

Leia mais

Sindicatos filiados