Caixa desiste de abrir capital, diz jornal

09.03.2015

Por decisão do governo, a Caixa Econômica Federal não vai mais abrir seu capital, segundo reportagem publicada nesta segunda-feira pelo jornal “Valor Econômico”. A privatização da empresa, anunciada pela presidente Dilma Rousseff no final de 2014, seria demorada, pouco lucrativa e poderia paralisar investimentos sociais da instituição, concluiu o governo federal a partir de avaliações […]

Por decisão do governo, a Caixa Econômica Federal não vai mais abrir seu capital, segundo reportagem publicada nesta segunda-feira pelo jornal “Valor Econômico”.

A privatização da empresa, anunciada pela presidente Dilma Rousseff no final de 2014, seria demorada, pouco lucrativa e poderia paralisar investimentos sociais da instituição, concluiu o governo federal a partir de avaliações iniciais.

De acordo com a reportagem, o IPO (oferta pública de ações) ficará restrito à Caixa Seguros, seguradora na qual o banco possui 48,2% das ações em associação com a francesa CNP Assurances, que detém 51,7% do capital. O modelo deverá seguir o aplicado ao BB Seguridade, cuja oferta de ações foi feita em 2013.

Fonte: Exame.com
 

Notícias Relacionadas

Conferência Interestadual aprova eixos para Conferência Nacional de 2024

Sindicatos dos Bancários debateram propostas e aprovaram pautas em defesa do trabalhador. Documento será apresentado em Conferência Nacional para discussão na Campanha Salarial de 2024 Delegações de 21 regionais dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul se reuniram nesta quinta e sexta-feira, 11 e 12 de abril, para debater propostas que serão […]

Leia mais

Abertura da Conferência Interestadual da Feeb SP/MS conta com delegações de 21 regionais

  Primeiro dia de evento amplia visão sobre o futuro do Sistema Financeiro, Cenário Econômico Nacional e Avanço Tecnológico  A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) abriu nesta quinta-feira (11) a Conferência Interestadual dos Bancários de 2024. O tema central do evento deste ano é “Categoria […]

Leia mais

Proposta da Caixa para PcD é frustrante

Contudo, houve definição sobre pagamento dos deltas da promoção por mérito A proposta da Caixa Econômica Federal sobre redução de jornada e priorização de empregadas e empregados PcD, ou que tenham filhos de até seis anos com deficiência, frustrou a representação dos trabalhadores. “Na proposta do banco, somente há possibilidade de redução da jornada com […]

Leia mais

Sindicatos filiados