Caixa insiste em aplicação do CGPAR 23 e gera impasse em reunião do GT

02.07.2021

Resolução torna o plano inviável para muitos empregados Na tarde da última quinta-feira (1/7) o GT Saúde Caixa voltou a debater o modelo de custeio a partir de 2022. No entanto, as tratativas não avançaram, uma vez que a diretoria da instituição insiste na aplicação da Resolução 23, estabelecida pela Comissão Interminiesterial de Governança Corporativa […]

Resolução torna o plano inviável para muitos empregados

Na tarde da última quinta-feira (1/7) o GT Saúde Caixa voltou a debater o modelo de custeio a partir de 2022. No entanto, as tratativas não avançaram, uma vez que a diretoria da instituição insiste na aplicação da Resolução 23, estabelecida pela Comissão Interminiesterial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da União (CGPAR23).

No entendimento da categoria, a resolução é extremamente nociva aos planos de saúde das estatais, pois altera o modelo de custeio do Saúde Caixa, proíbe novos contratados, além de determinar a cobrança por faixa etária, o que prejudica os mais idosos – população que, normalmente, mais necessita de cuidados com a saúde. A resolução também altera carências e franquias e reduz a contribuição das empresas estatais no custeio dos planos.

Para a representante da Feeb SP/MS no GT Saúde Caixa, Lilian Minchin, é "fundamental que o plano seja financeiramente sustentável para os trabalhadores. No entanto, a Caixa insiste em aplicar a CGPAR e isso torna o plano inviável, pois os valores podem aumentar muito e ficam mais caros que os disponíveis no mercado", explica.

Durante o encontro, a Caixa informou que ainda não conseguiu levantar as informações solicitadas pela empresa de consultoria atuarial, contratada pelo movimento sindical. Para os representantes dos empregados, o relatório traz a indicação de que a melhoria na gestão do plano poderia viabilizar a operação, sem onerar os trabalhadores.

Uma nova reunião está prevista para acontecer na próxima terça-feira (6/7)

Notícias Relacionadas

Caixa terá processo seletivo para a escolha dos diretores da FUNCEF

Inscrições já foram iniciadas e seguem até a próxima quinta-feira (9/2) Os cargos de diretor-presidente e diretor de Investimentos e Participações Societárias e Imobiliárias da Fundação dos Economiários Federais (FUNCEF) serão escolhidos por meio de processo seletivo. O anúncio foi feito em edital publicado pela Caixa. As inscrições tiveram início na última sexta-feira (3/2) e […]

Leia mais

Santander implementa teletrabalho em áreas administrativas

Modalidade é válida para áreas administrativas e contemplam eixo São Paulo e Rio de Janeiro O Santander anunciou que irá implementar o teletrabalho (home office). A modalidade é válida para bancários das áreas administrativas, lotados majoritariamente no eixo São Paulo e Rio de Janeiro, segundo as regras previstas na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria. As […]

Leia mais

Santander paga PLR e demais adicionais no dia 28 de fevereiro

Representantes da Comissão de Organização de Empregados (COE/Santander) foram informados nesta terça-feira (01), sobre a data de pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR). O valor será creditado no dia 28 deste mês. Junto com a PLR bancárias e bancários do Santander receberão os percentuais do Programa Próprio de Resultados do Santander (PPRS), do […]

Leia mais

Sindicatos filiados