Campanha Nacional: Combate ao Assédio Moral volta a ser negociado com Federação Nacional dos Bancos (Fenaban)

15.08.2022

Bancos negam que causa de adoecimento está relacionada à cobrança de metas O Comando Nacional dos Bancários se reuniu com a Federação Nacional dos Bancos nesta segunda-feira (15), para mais uma negociação. O combate ao assédio moral foi novamente tema do debate. Apesar de mais uma vez os bancos negarem que a causa do adoecimento […]

Bancos negam que causa de adoecimento está relacionada à cobrança de metas

O Comando Nacional dos Bancários se reuniu com a Federação Nacional dos Bancos nesta segunda-feira (15), para mais uma negociação. O combate ao assédio moral foi novamente tema do debate. Apesar de mais uma vez os bancos negarem que a causa do adoecimento está relacionada à cobrança excessiva de metas, dados de pesquisa realizada pelos próprios recursos humanos dos bancos comprovam que a categoria bancária é a que mais adoece.

Após pressão do Comando Nacional, os bancos se comprometeram a apresentar proposta ainda nesta semana.

“As queixas estão relacionadas diretamente ao estabelecimento de metas inatingíveis e às cobranças abusivas por parte dos bancos. É grave o tema de adoecimento mental e físico dos bancários quando comparado a outras categorias”, explica Reginaldo Breda, secretário Geral da Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Os representantes da categoria também levantaram dados da Consulta Nacional respondida em 2022 por mais de 35 mil bancários. De acordo com as respostas, 77% apontaram que a cobrança excessiva pelo cumprimento de metas causam cansaço, fadiga e preocupação constante; outros 54% responderam que causa desmotivação, vontade de não ir trabalhar, medo de estourar; 51% relacionaram a tensão à dor, formigamento nos ombros, braços ou mãos e 44% apontaram crise de ansiedade e pânico.

(veja gráfico abaixo).

 

A pauta voltará a ser discutida na próxima rodada de negociação, programada para quinta-feira (18).

Revisão Cláusulas de Teletrabalho

O Comando Nacional também tratou sobre a redação de cláusulas de teletrabalho, tema discutido na semana passada. A Fenaban analisará as observações feitas pelo Comando Nacional dos Bancários e enviará nova proposta sobre o tema.

Confira o calendário para as próximas negociações:

18/8 – 16h (online): Continuação de todos os temas

19/8 – 10h (online): Continuação de todos os temas

22/8 – 10h (presencial): Continuação de todos os temas

23/8 – 14h (presencial): Continuação de todos os temas

24/8 – 10h (presencial): Continuação de temas

25/8 – 14h (presencial): Continuação de temas

26/8 – 10h (presencial): Continuação de temas

Notícias Relacionadas

Santander implementa teletrabalho em áreas administrativas

Modalidade é válida para áreas administrativas e contemplam eixo São Paulo e Rio de Janeiro O Santander anunciou que irá implementar o teletrabalho (home office). A modalidade é válida para bancários das áreas administrativas, lotados majoritariamente no eixo São Paulo e Rio de Janeiro, segundo as regras previstas na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria. As […]

Leia mais

Santander paga PLR e demais adicionais no dia 28 de fevereiro

Representantes da Comissão de Organização de Empregados (COE/Santander) foram informados nesta terça-feira (01), sobre a data de pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR). O valor será creditado no dia 28 deste mês. Junto com a PLR bancárias e bancários do Santander receberão os percentuais do Programa Próprio de Resultados do Santander (PPRS), do […]

Leia mais

Feeb SP/MS monta grupo de trabalho para discutir metas com Banco Itaú

Prazo para organização de grupos de representação se encerrou no último dia 31 Bancários representados pela Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul formalizaram o pedido junto ao banco para montagem de um grupo de trabalho para discussão de metas. De acordo com a cláusula 87 da Convenção Coletiva […]

Leia mais

Sindicatos filiados