Campanha Salarial 2015: Bancários reunidos para definir a pauta de reivindicações

30.07.2015

Teve início nesta quinta-feira (30/07), em Foz do Iguaçu (PR), o XLIV Encontro Nacional de Dirigentes Sindicais Bancários e Securitários – Planificação da Campanha Salarial 2015. Dirigentes Sindicais de todo o país estão participando do Encontro, que definirá as pautas de reivindicações que serão entregues à Fenaban e aos bancos públicos. Lourenço do Prado, presidente […]

Teve início nesta quinta-feira (30/07), em Foz do Iguaçu (PR), o XLIV Encontro Nacional de Dirigentes Sindicais Bancários e Securitários – Planificação da Campanha Salarial 2015.

Dirigentes Sindicais de todo o país estão participando do Encontro, que definirá as pautas de reivindicações que serão entregues à Fenaban e aos bancos públicos.

Lourenço do Prado, presidente da CONTEC, ao falar na abertura do Encontro, fez uma análise da conjuntura política do país nas questões de interesse dos trabalhadores, com ênfase ao PLC 30/2015, que trata da terceirização e que já foi aprovado na Câmara dos Deputados. Segundo Lourenço, somente a pressão e firme atuação do movimento sindical junto aos parlamentares farão com que este projeto de lei, tão prejudicial à classe trabalhadora, não seja também aprovado no Senado.

Após a abertura, o professor de educação física e palestrante Itamar Vicente Ribeiro ministrou uma palestra aos presentes sobre qualidade de vida. Durante duas horas, o professor Itamar prendeu a atenção da plateia, com uma palestra dinâmica e muito vibrante.

No período da tarde foi apresentada uma nova palestra, ministrada pelo economista do DIEESE, Cid Cordeiro Silva. Na palestra, Cid tratou do sistema financeiro nacional, da conjuntura econômica atual do país, do emprego bancário e da negociação com os bancos, além de apresentar números a respeito da trajetória do HSBC no país, cuja operação no Brasil está à venda. “A CONTEC tem o compromisso moral e ético de defender o emprego dos funcionários do HSBC. A CONTEC não medirá esforços para preservar os postos de trabalho no banco”, afirmou Lourenço do Prado.

Após as palestras, começaram as discussões das pautas de reivindicações, com previsão de encerramento dos trabalhos para às 20h00 e retomada na sexta-feira pela manhã.

A pauta de reivindicações será entregue à Fenaban no dia 11 de agosto.

Fonte: Sindicato dos Bancários de Franca
 

Notícias Relacionadas

Teletrabalho: CEE recusa proposta apresentada pelo banco

Proposta sobre teletrabalho retrocede e é prejudicial aos trabalhadores   A Comissão Executiva dos Empregados (CEE) da Caixa Econômica Federal se reuniu ontem (16) com o banco para mais uma rodada de negociação. Na ocasião foi analisada a proposta sobre teletrabalho apresentada pelo Banco. Representantes dos trabalhadores recusaram a proposta e destacaram retrocesso e medidas […]

Leia mais

BB insiste em reduzir ciclos avaliatórios da GDP

Campanha Nacional O Banco do Brasil voltou a propor a redução dos ciclos avaliatórios da Gestão de Desempenho Profissional (GDP), durante a sétima rodada virtual de negociação da pauta específica com a Comissão de Empresa (CEBB), realizada nesta terça-feira, dia 16 de agosto. O banco quer apenas um ciclo avaliatório para descomissionar; o aditivo à […]

Leia mais

Financiários se reúnem com a Fenacrefi nesta quarta-feira (17)

Reunião será a primeira negociação da Campanha Nacional 2022 A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) participa nesta quarta-feira (17), junto com demais representantes dos financiários, da primeira negociação da Campanha Nacional 2022, com a Federação Interestadual das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Fenacrefi). Inicialmente, […]

Leia mais

Sindicatos filiados