Chapa 1 vence eleição em Campinas com 97,22% dos votos

27.03.2013

A Chapa 1, encabeçada pelo presidente Jeferson Boava, venceu a eleição para diretoria do Sindicato dos Bancários de Campinas e Região com 4.509 votos; o que representa 97,22% dos 4.638 votos válidos. Os votos em branco totalizaram 88 e os nulos 41. A apuração dos votos aconteceu na noite desta terça-feira (26) na sede do […]

A Chapa 1, encabeçada pelo presidente Jeferson Boava, venceu a eleição para diretoria do Sindicato dos Bancários de Campinas e Região com 4.509 votos; o que representa 97,22% dos 4.638 votos válidos. Os votos em branco totalizaram 88 e os nulos 41. A apuração dos votos aconteceu na noite desta terça-feira (26) na sede do Sindicato, após dois dias (25 e 26) de coleta em urnas itinerantes em todos os locais de trabalho instalados em Campinas e nas 36 cidades que compõem a base do sindicato. A nova diretoria toma posse no dia 15 de julho para um mandato de três anos (2013-2016).

Democracia prevalece

O processo eleitoral teve início no dia 20 de fevereiro, quando a maioria dos participantes da assembleia realizada na sede do sindicato, elegeu a Comissão Eleitoral, formada por Cleide Aparecida Marchetti (aposentada do Bradesco), Gonçalo Marques Moreira (aposentado do Santander) e Lenis de Medeiros (aposentada do Santander).

Foram 35 dias entre o período de inscrição de chapas, campanha e votação. Coordenada pela Comissão em todas as fases, a eleição transcorreu sem incidentes, com transparência e democracia plena. Democracia que imperou desde o início.

Bancário sintonizado com Sindicato

O resultado das urnas mostrou – como em 2010 quando houve disputa de chapas – que o trabalho da diretoria do Sindicato é reconhecido pelos bancários, financiários e cooperavitários. “A categoria depositou novamente o seu voto de confiança no trabalho da atual diretoria. Estamos em sintonia com bancários, financiários e cooperavitários. O resultado das urnas é um reconhecimento da combatividade, da disposição de luta da diretoria. O processo eleitoral, vale destacar, transcorreu em clima de democracia, transparência e ética. O compromisso de unidade na luta permanece”, avalia Jeferson Boava, reeleito presidente do Sindicato.

Notícias Relacionadas

Bancários querem mais contratações, fim das demissões e da precarização

Comando Nacional propõe maior equilíbrio entre dias trabalhados, com momentos de descanso e lazer, com redução da jornada para quatro dias; proposta pode aumentar produtividade e satisfação com o emprego O Comando Nacional dos Bancários se reuniu na manhã desta segunda-feira (27) com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) na segunda reunião de negociação da […]

Leia mais

Bancários negociam com Federação Nacional dos Bancos nesta segunda-feira (27)

Temas Emprego e Terceirização são os primeiros temas a serem discutidos A Campanha Nacional do Bancário, iniciada na última semana, segue hoje (27) com mais uma negociação. Federações, associações e representação sindical negociam com a Federação Nacional dos Bancos as pautas “Emprego e Terceirização”. Os temas foram definidos pelo Comando Nacional dos Bancários na última […]

Leia mais

Bancários criam Comitê de Luta durante Congresso Nacional

Comitê nacional lutará para defender o BB como instituição pública e em apoio a projeto de Governo que fortaleça o banco e sua função social, de indutor do crescimento econômico com geração de emprego e renda O papel do Banco do Brasil na reconstrução do país foi um dos temas em destaque no 33° Congresso […]

Leia mais

Sindicatos filiados