Clima piora no Santander Select em Sorocaba e agência fecha outra vez, sem previsão de abertura

08.05.2014

Ontem, dia 6 de maio, o Sindicato dos Bancários de Sorocaba e Região fechou a agência Santander Select, no centro de Sorocaba, por assédio moral da gerente contra seus funcionários. Porém, hoje, dia 7 de maio – dia seguinte à intervenção do sindicato no local – o clima piorou na agência e o caso teve […]

Ontem, dia 6 de maio, o Sindicato dos Bancários de Sorocaba e Região fechou a agência Santander Select, no centro de Sorocaba, por assédio moral da gerente contra seus funcionários. Porém, hoje, dia 7 de maio – dia seguinte à intervenção do sindicato no local – o clima piorou na agência e o caso teve desdobramentos desagradáveis. A gerente, indignada e revoltada com a atitude dos funcionários e do sindicato, "pesou mais ainda a mão" e intensificou a pressão e o assédio, tornando o ambiente insuportável para se trabalhar.

O comportamento desmedido da gestora acabou gerando confusão entre os funcionários da agência, desestabilizando a equipe. Até mesmo uma funcionária terceirizada da equipe de limpeza – que já não trabalha mais na agência – relatou ter sofrido muita humilhação da gerente. Com o clima ainda mais "quente", os funcionários pediram socorro novamente ao sindicato, que não teve outra solução que não fechar a agência novamente. Dessa vez, porém, sem previsão de abertura. "Amanhã, dia 8 de maio, a pessoa responsável por relações sindicais do banco Santander virá à Sorocaba para tentar resolver o problema. A posição do sindicato é clara: a agência Select só será reaberta com a situação resolvida", diz Antonio Carlos de Almeida, diretor do Sindicato dos Bancários de Sorocaba e Região. Conforme comenta Carlos Roberto Rosa Lopes, funcionário do Santander e também diretor do sindicato, "se a situação na agência Select – criada para oferecer um atendimento 'Vip', diferenciado – está assim, imagine as demais agências Santander!"

O caso chamou a atenção da imprensa sorocabana e ganhou as páginas de jornais, noticiários da TV e das rádios. Ao perceber que várias agências bancárias estão tendo problemas com assédio moral em Sorocaba e na região, a equipe de reportagem do jornal Cruzeiro do Sul resolveu produzir uma reportagem especial sobre o tema, que deve ir às ruas nos próximos dias.

Fonte: SEEB Sorocaba

Notícias Relacionadas

Campanha Nacional: Combate ao Assédio Moral volta a ser negociado com Federação Nacional dos Bancos (Fenaban)

Bancos negam que causa de adoecimento está relacionada à cobrança de metas O Comando Nacional dos Bancários se reuniu com a Federação Nacional dos Bancos nesta segunda-feira (15), para mais uma negociação. O combate ao assédio moral foi novamente tema do debate. Apesar de mais uma vez os bancos negarem que a causa do adoecimento […]

Leia mais

CEBB negocia com o banco cláusulas econômicas e representação sindical

Ao término da negociação, bancários leram manifesto pela democracia Bancários do Banco do Brasil se reuniram nesta sexta-feira (12) com o banco para mais uma negociação da Campanha Nacional dos Bancários 2022, que tem por objetivo a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) específico dos trabalhadores do Banco do Brasil e do aditivo à […]

Leia mais

Federação dos Bancários orienta Sindicatos para realização de lives na próxima semana

Objetivo é promover o dialogo com a categoria e fortalecer pautas de luta na Campanha Nacional Conforme orientação do Comando Nacional, todo o movimento sindical deve dialogar com a categoria na próxima semana. A Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul, reforça o pedido para os seus 23 sindicatos filiados, para […]

Leia mais

Sindicatos filiados