COE do Bradesco discute reestruturação no banco

22.02.2024

 Sindicato expressa preocupação com direção futura da instituição financeira A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Bradesco se reuniu na última terça-feira (20), na sede da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), em São Paulo, para discutir a reestruturação anunciada pelo novo presidente do banco, Marcelo Noronha, em 7 de fevereiro, sem […]

 Sindicato expressa preocupação com direção futura da instituição financeira

A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Bradesco se reuniu na última terça-feira (20), na sede da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), em São Paulo, para discutir a reestruturação anunciada pelo novo presidente do banco, Marcelo Noronha, em 7 de fevereiro, sem prévia negociação com o movimento sindical.

A reunião teve início com uma análise de conjuntura que destacou a importância de acompanhar os rumos da economia nacional e o impacto da queda de juros nos investimentos produtivos e na geração de empregos e renda.

Na sequência, o economista da subseção do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), analisou os resultados do banco nos últimos cinco anos e as principais mudanças em curso com a reestruturação, visando recuperar o patamar anterior.

O representante da Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS), Lourival Rodrigues, expressou preocupação com os impactos da reestruturação no Bradesco. “É crucial entendermos como os trabalhadores e clientes serão afetados por essa reestruturação”, enfatizou Lourival Rodrigues, representante da Feeb SP/MS.

De acordo com o representante é importante manter o debate para entender possíveis impactos tanto para os trabalhadores quanto para os clientes. “A transparência e o diálogo por parte do banco são essenciais para garantir que todas as partes envolvidas sejam consideradas durante esse processo de mudança”, destaca.

Com a finalidade de proteger o emprego, a COE pediu urgência ao departamento de Recursos Humanos do Banco para agendar uma nova reunião.

Feeb SP/MS, com informações Contraf Cut

Notícias Relacionadas

Eleições Economus – Ainda dá tempo de votar!

Passamos da metade do período do pleito, que vai eleger dois membros ao conselho deliberativo e um membro ao conselho fiscal do Economus. Até esta sexta-feira (19), 28% dos eleitores haviam exercido o direito ao voto. A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (FEEB SP/MS) e seus sindicatos […]

Leia mais

Banco do Brasil aprova atualização da Tabela PIP para beneficiar trabalhadores do Previ Futuro

Mudança na Pontuação Individual do Participante permite aumento na contribuição adicional e soma mais recursos para a aposentadoria, atendendo a antiga reivindicação dos funcionários O Banco do Brasil aprovou as mudanças na Tabela PIP (Pontuação Individual do Participante), uma reivindicação antiga dos trabalhadores, que permitirá aumentar a contribuição adicional para a aposentadoria. O anúncio foi […]

Leia mais

Eleições da Funcef: votação segue até sexta-feira (19)

Participantes da ativa e assistidos dos planos de previdência podem votar até sexta-feira (19), mas a orientação é não deixar para a última hora Teve início nesta terça-feira (16), a votação para as Eleições Funcef. Participantes dos planos de previdência da Funcef podem votar para definir quem vai ocupar a diretoria de Administração e Controladoria, […]

Leia mais

Sindicatos filiados