Comando Nacional define cinco temas prioritários da Campanha 2013

29.04.2013

  Aparecido Roveroni, diretor da Feeb-SP/MS e   membro do Comando, durante a 14ª Conferência Em reunião realizada nesta sexta-feira (26/04), em São Paulo, o Comando Nacional dos Bancários definiu cinco grandes temas prioritários para a Campanha 2013: emprego, reestruturação do sistema financeiro, remuneração, condições de trabalho e estratégia de campanha, de negociação e de […]

  Aparecido Roveroni, diretor da Feeb-SP/MS e
  membro do Comando, durante a 14ª Conferência

Em reunião realizada nesta sexta-feira (26/04), em São Paulo, o Comando Nacional dos Bancários definiu cinco grandes temas prioritários para a Campanha 2013: emprego, reestruturação do sistema financeiro, remuneração, condições de trabalho e estratégia de campanha, de negociação e de mobilização.

O Comando Nacional decidiu também continuar a luta pela redução das taxas de juros e orientar os sindicatos a aumentarem a mobilização dos trabalhadores na véspera das reuniões do Copom, com o objetivo de pressionar o Banco Central a reduzir a taxa Selic.

Foi definida também a construção da mídia nacional da campanha, a exemplo dos últimos anos. A Contraf realiza a primeira reunião na semana de 20 a 24 de maio, aberta à participação de sindicatos e federações.

Caixa Econômica Federal

Por falta de informações mais detalhadas sobre a proposta apresentada pela Caixa Econômica Federal para a carreira profissional (advogados, engenheiros, arquitetos e médicos), o Comando Nacional decidiu encaminhar o assunto para uma discussão mais aprofundada nos sindicatos. E vai se reunir novamente no próximo dia 9 de maio para tomar uma decisão sobre o tema e orientar o posicionamento dos sindicatos nas assembleias.

Banco do Brasil

O Comando Nacional orientou os sindicatos a intensificarem a mobilização do funcionalismo do Banco do Brasil, com o objetivo de garantir uma grande paralisação na greve de 24 horas, marcada para a próxima terça-feira 30 de abril, em protesto contra a implementação unilateral do plano de funções comissionadas e à política antissindical da direção do BB.

Fonte: Contraf
 

Notícias Relacionadas

Teletrabalho: CEE recusa proposta apresentada pelo banco

Proposta sobre teletrabalho retrocede e é prejudicial aos trabalhadores   A Comissão Executiva dos Empregados (CEE) da Caixa Econômica Federal se reuniu ontem (16) com o banco para mais uma rodada de negociação. Na ocasião foi analisada a proposta sobre teletrabalho apresentada pelo Banco. Representantes dos trabalhadores recusaram a proposta e destacaram retrocesso e medidas […]

Leia mais

BB insiste em reduzir ciclos avaliatórios da GDP

Campanha Nacional O Banco do Brasil voltou a propor a redução dos ciclos avaliatórios da Gestão de Desempenho Profissional (GDP), durante a sétima rodada virtual de negociação da pauta específica com a Comissão de Empresa (CEBB), realizada nesta terça-feira, dia 16 de agosto. O banco quer apenas um ciclo avaliatório para descomissionar; o aditivo à […]

Leia mais

Financiários se reúnem com a Fenacrefi nesta quarta-feira (17)

Reunião será a primeira negociação da Campanha Nacional 2022 A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) participa nesta quarta-feira (17), junto com demais representantes dos financiários, da primeira negociação da Campanha Nacional 2022, com a Federação Interestadual das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Fenacrefi). Inicialmente, […]

Leia mais

Sindicatos filiados