Comando Nacional entrega à Fenaban pauta de reivindicações da Campanha

02.08.2012

O Comando Nacional dos Bancários entregou nesta quarta-feira 1º de agosto à Fenaban a pauta de reivindicações da Campanha Nacional 2012. O encontro ocorreu na sede da entidade, em São Paulo, e contou com a participação do diretor da Feeb e membro do Comando Nacional, Aparecido Roveroni, além do secretário-geral, Jeferson Boava.  Entre os principais […]

O Comando Nacional dos Bancários entregou nesta quarta-feira 1º de agosto à Fenaban a pauta de reivindicações da Campanha Nacional 2012. O encontro ocorreu na sede da entidade, em São Paulo, e contou com a participação do diretor da Feeb e membro do Comando Nacional, Aparecido Roveroni, além do secretário-geral, Jeferson Boava. 

Entre os principais pontos da pauta de reivindicações destacam-se o reajuste salarial de 10,25% (aumento real de 5% mais a reposição da inflação projetada de 4,97% para o período), piso de R$ 2.416,38 (salário mínimo calculado pelo Dieese), participação nos lucros ou resultados (PLR) de três salários mais parcela fixa adicional de R$ 4.961,25, além de vales-refeição, cesta-alimentação e auxílio-creche no valor de R$ 622 cada.

As duas primeiras rodadas de negociação já estão marcadas. Nos dias 7 e 8 serão discutidas as reivindicações de emprego, saúde e condições de trabalho, e cláusulas sociais. E nos dias 15 e 16 serão tratadas as demandas de segurança bancária, igualdade de oportunidades e remuneração.

Principais reivindicações dos bancários

> Reajuste salarial de 10,25%, o que significa 5% de aumento real acima da inflação projetada de 4,97% nos últimos 12 meses.

> PLR de três salários mais R$ 4.961,25 fixos.

> Piso da categoria equivalente ao salário mínimo do Dieese (R$ 2.416,38).

> Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) para todos os bancários.

> Auxílio-educação para graduação e pós-graduação.

> Auxílio-refeição, cesta-alimentação e auxílio creche/babá: R$ 622,00.

> Emprego: aumentar as contratações, acabar com a rotatividade, fim das terceirizações, aprovação da Convenção 158 da OIT (que inibe demissões imotivadas) e universalização dos serviços bancários.

> Cumprimento da jornada de 6 horas para todos.

> Fim das metas abusivas e combate ao assédio moral para preservar a saúde dos bancários.

> Mais segurança nas agências e postos bancários.

> Previdência complementar para todos os bancários.

> Contratação total da remuneração, o que inclui a renda variável.

> Igualdade de oportunidades.

BB e Caixa Federal

No mesmo dia 1º, o Comando entregou as pautas específicas ao Banco do Brasil e à Caixa Federal. No BB, as primeiras rodadas de negociação acontecem nos dias 13 e 14, em Brasília. Na Caixa Federal, conforme ficou definida em reunião com representantes da instituição estatal no último dia 30, a primeira rodada será no dia 9 e a segunda no dia 17.

Leia também:

Comando Nacional começa negociações específicas com BB nos dias 13 e 14

Definido calendário de negociação específica com a Caixa

Notícias Relacionadas

Caixa cancela negociação sobre redução de jornada para responsáveis por PcD

Empregados cobram, há mais de um ano, o direito à redução da jornada para pais, mães ou responsáveis por PcD A Caixa Econômica Federal cancelou hoje, na última hora, a reunião de negociação sobre a concessão do direito à redução da jornada para pais, mães ou responsáveis por pessoas com deficiência ou transtorno do espectro […]

Leia mais

União faz a força dos trabalhadores e consagra o “22 de Maio por mais Direitos” em Brasília

23/05/2024 A Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb-SP/MS) foi representada pelo presidente do Sindicato dos Bancários de Campinas, Lourival Rodrigues, durante o 22 de Maio por Mais Direito, realizado ontem (22), em Brasília. O ato uniu a classe trabalhadora de todo o Brasil em […]

Leia mais

Dirigentes da base da Feeb-SP/MS recebem segundo módulo do curso de formação da Contraf-CUT

Programa trata da estruturação histórica das organizações sindicais e da luta dos trabalhadores O Curso de Formação Sindical para Dirigentes, da Secretaria de Formação da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), estreia o seu segundo módulo nesta sexta-feira (17) e no sábado (18) para as bases da Federação dos Bancários de São Paulo […]

Leia mais

Sindicatos filiados