Congressos do BB e Caixa definem pautas específicas

15.06.2015

As pautas específicas do Banco do Brasil e da Caixa Federal, na Campanha deste ano, foram definidas em congressos nacionais no último final de semana (12 a 14), em São Paulo. O 26º Congresso dos Funcionários do BB reuniu 303 delegados (201 homens e 102 mulheres). No 31º Conecef, 348 delegados (198 homens e 150 […]

As pautas específicas do Banco do Brasil e da Caixa Federal, na Campanha deste ano, foram definidas em congressos nacionais no último final de semana (12 a 14), em São Paulo.

O 26º Congresso dos Funcionários do BB reuniu 303 delegados (201 homens e 102 mulheres). No 31º Conecef, 348 delegados (198 homens e 150 mulheres); 

Banco do Brasil

Principais propostas

Remuneração e condições de trabalho: Intensificação da luta por melhorias no PCR, por mais contratações e por melhores condições de trabalho, sem assédio moral. O PCR deve valorizar o funcionalismo, estipulando como piso o salário mínimo do Dieese e o interstício na tabela de antiguidade de 6%, um valor maior das letras de mérito e com um tempo menor para adquirir. Piso para comissionados, gerência e demais funções. Critérios objetivos para comissionamento. Não ao descomissionamento.

Saúde: Liberação de dados sobre doenças ocupacionais para que as informações sejam repassadas aos dirigentes sindicais e membros dos conselhos de usuários da Cassi.

Manutenção do princípio de solidariedade na Cassi e a inclusão de funcionários oriundos de Bancos incorporados pelo BB, para que sejam assistidos pelo Programa de Saúde da Família e demais coberturas.

Previdência: Fim da resolução 26. Superávit da Previ deve ser investido na melhoria dos benefícios.
Campanha pelo fim do voto de minerva no Conselho Deliberativo e a implantação de teto para os benefícios.
Esclarecimentos sobre os estudos realizados pela consultoria Accenture, uma vez que há preocupação do funcionalismo sobre a possibilidade de redução de representação de diretorias eleitas. Além disso, há dúvidas sobre as propostas de terceirização da gestão dos investimentos e da administração.
Organização do movimento: Campanha nacional unificada, mesa única com Fenaban e, simultaneamente, mesa específica com BB. Fortalecimento dos fóruns da categoria (sindicatos, federações, centrais sindicais, Comissão de Empresa e Comando Nacional dos Bancários), Contra a terceirização (PL 4330) e práticas antissindicais.

BB e sistema financeiro nacional: Fortalecimento do BB como Banco público voltado para o financiamento da produção e do desenvolvimento econômico e social do país. Internacionalização do BB e a regulamentação do artigo 192 da Constituição Federal, que trata do Sistema Financeiro Nacional. Contra o modelo de reestruturação, que exclui a população.

31º Conecef

Principais propostas

Segurança: Criação de estruturas compatíveis com as demandas locais.
Terceirização: Fim dos correspondentes bancários. Universalização dos serviços bancários, com abertura de novas agências e contratação de pessoal. Fim da terceirização.
Isonomia: Entre os empregados novos e antigos, com extensão da licença-prêmio e do anuênio para todos.
Carreira: Fim da GDP.
Saúde Caixa: Estudo atuarial para inclusão dos pais. Pagamento integral de cuidador. Aplicar o superávit na ampliação de procedimentos.

Fonte: Sindicato dos Bancários de Campinas e Região com Rede de Comunicação dos Bancários
Fotos: Júlio César Costa, Gerson Pereira e M Ester Costa.

Notícias Relacionadas

Feeb SP/MS dá posse para nova Diretoria

                Diretoria eleita assume quadriênio 2024/2028 A Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) empossou a nova diretoria da entidade, eleita durante o VIII Congresso Interestadual, realizado em março, em São Paulo. A posse foi oficializada no dia 08 […]

Leia mais

Conferência Interestadual aprova eixos para Conferência Nacional de 2024

Sindicatos dos Bancários debateram propostas e aprovaram pautas em defesa do trabalhador. Documento será apresentado em Conferência Nacional para discussão na Campanha Salarial de 2024 Delegações de 21 regionais dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul se reuniram nesta quinta e sexta-feira, 11 e 12 de abril, para debater propostas que serão […]

Leia mais

Abertura da Conferência Interestadual da Feeb SP/MS conta com delegações de 21 regionais

  Primeiro dia de evento amplia visão sobre o futuro do Sistema Financeiro, Cenário Econômico Nacional e Avanço Tecnológico  A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) abriu nesta quinta-feira (11) a Conferência Interestadual dos Bancários de 2024. O tema central do evento deste ano é “Categoria […]

Leia mais

Sindicatos filiados