Depoimento de Davi Zaia sobre o companheiro Augusto Campos

19.07.2017

Consternado com a morte do amigo e companheiro de movimento, Augusto Campos, o Presidente da Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (FEEB-SP/MS), Davi Zaia lamentou o falecimento do líder sindical bancário ocorrido na madrugada da última terça-feira (18), e o homenageou com um depoimento. Leia abaixo Augusto Campos foi um […]

Consternado com a morte do amigo e companheiro de movimento, Augusto Campos, o Presidente da Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (FEEB-SP/MS), Davi Zaia lamentou o falecimento do líder sindical bancário ocorrido na madrugada da última terça-feira (18), e o homenageou com um depoimento.

Leia abaixo

Augusto Campos foi um grande companheiro, pessoa de grande lucidez, estudioso e muito sério, construiu uma história belíssima. Era um companheiro dedicado a pensar e a discutir as alternativas do movimento sindical. Lembro-me do apoio que recebemos dele quando eu estava à frente do Sindicato dos Bancários de Campinas, apoio esse que foi retribuído quando o Sindicato dos Bancários de São Paulo (SEEB-SP) sofreu intervenção durante a ditadura militar.

Sempre se pautou pelo princípio da defesa dos trabalhadores e de uma organização sindical independente. Deu grandes contribuições à história do movimento sindical, à construção do PT e também da CUT, sempre muito fiel e coerente com suas convicções. Jamais nos lembraremos de seu nome envolvido em qualquer tipo de ilícito, muito pelo contrário. Nunca almejou grandes cargos e isso faz toda a diferença como um dirigente do movimento sindical, pois não fez do sindicalismo um meio para de mudar de vida, mas fez do movimento sindical uma luta em defesa dos trabalhadores. É por isso que faz tanta falta hoje o Augusto Campos. Para todos nós ele é um grande exemplo e sua partida representa uma grande perda.

Davi Zaia
Presidente da Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (FEEB-SP/MS)

Foto: Seeb-SP

Leia também

FEEB-SP/MS lamenta a morte do líder sindical bancário, Augusto Campos

 

Notícias Relacionadas

Caixa cancela negociação sobre redução de jornada para responsáveis por PcD

Empregados cobram, há mais de um ano, o direito à redução da jornada para pais, mães ou responsáveis por PcD A Caixa Econômica Federal cancelou hoje, na última hora, a reunião de negociação sobre a concessão do direito à redução da jornada para pais, mães ou responsáveis por pessoas com deficiência ou transtorno do espectro […]

Leia mais

União faz a força dos trabalhadores e consagra o “22 de Maio por mais Direitos” em Brasília

23/05/2024 A Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb-SP/MS) foi representada pelo presidente do Sindicato dos Bancários de Campinas, Lourival Rodrigues, durante o 22 de Maio por Mais Direito, realizado ontem (22), em Brasília. O ato uniu a classe trabalhadora de todo o Brasil em […]

Leia mais

Dirigentes da base da Feeb-SP/MS recebem segundo módulo do curso de formação da Contraf-CUT

Programa trata da estruturação histórica das organizações sindicais e da luta dos trabalhadores O Curso de Formação Sindical para Dirigentes, da Secretaria de Formação da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), estreia o seu segundo módulo nesta sexta-feira (17) e no sábado (18) para as bases da Federação dos Bancários de São Paulo […]

Leia mais

Sindicatos filiados