Dia de Luta pelo Emprego em Campinas

09.10.2020

O Sindicato dos Bancários de Campinas e Região realizou hoje de manhã, 8 de setembro, Dia Nacional de Luta pelo Emprego, com manifestação em frente a agência Centro do Banco do Brasil em Campinas. Durante o ato os diretores do sindicato distribuiram carta aberta intitulada “Garantia de Emprego, mais Contratações”, elaborada pela Contraf CUT. Apesar […]

O Sindicato dos Bancários de Campinas e Região realizou hoje de manhã, 8 de setembro, Dia Nacional de Luta pelo Emprego, com manifestação em frente a agência Centro do Banco do Brasil em Campinas. Durante o ato os diretores do sindicato distribuiram carta aberta intitulada “Garantia de Emprego, mais Contratações”, elaborada pela Contraf CUT.
Apesar de baterem recorde de lucros – no primeiro semestre deste ano, lucraram R$ 24,7 bilhões – os bancos geraram tão somente 9, 048 postos de trabalho no mesmo período, segundo a Pesquisa do Emprego Bancário elaborada pela Contraf CUT e Dieese, com base nos dados do Caged do Ministério do Trabalho e Emprego.
A criação de novos postos de trabalho é freada pela rotatividade que os bancos praticam visando reduzir custos e aumentar ainda os lucros. No citado período, por exemplo, foram desligados 18.261 bancários. A rotatividade implica ainda na redução da massa salarial da categoria. A remuneração média dos admitidos nos primeiros seis meses desse ano foi 38,04% inferior à dos desligados. E as mulheres bancárias permanecem recebendo salários inferiores aos dos homens.
Rodada hoje – Na Campanha deste ano os bancários reivindicam garantia de emprego; proteção contra as demissões imotivadas, conforme estabelece a Convenção 158 da OIT (Organização Internacional do Trabalho); mais contratações; melhores condições de trabalho; reversão das áreas terceirizadas; e fim dos correspondentes bancários. Essas reivindicações inclusive serão negociadas a partir de hoje na terceira rodada entre o Comando Nacional dos Bancários e a Fenaban, em São Paulo, que se estende até amanhã, dia 9.
 
 
Jairo Gimenez
Assessoria de Imprensa
Sindicato dos Bancários de Campinas e Região

Notícias Relacionadas

Após repercussão das denúncias de assédio sexual, Pedro Guimarães pede demissão

Testemunhos das vítimas vieram a público na terça-feira (28) e assustam pela quantidade de casos e pelo grau de desrespeito e crueldade; Ministério Público investiga em sigilo O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, entregou seu pedido de demissão na tarde desta quarta-feira (29) ao presidente da república, Jair Bolsonaro. A decisão foi tomada […]

Leia mais

NOTA OFICIAL

NOTA OFICIAL Pelo imediato afastamento de Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal, e o acolhimento e preservação das vítimas Nós, bancárias de todo o Brasil, manifestamos nossa indignação pelos atos de assédio sexual praticados por Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal, que ganharam repercussão na noite de desta terça-feira, 28/06/2022, ao serem divulgados […]

Leia mais

Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul repudia ações de Pedro Guimarães, acusado de assédio sexual

Além de apuração das denúncias, representação dos empregados pede afastamento do presidente da Caixa Após se tornar pública a acusação de assédio sexual feita por diferentes empregadas da Caixa Econômica Federal ao presidente Pedro Duarte Guimarães, a Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul, se solidariza com as vítimas e manifesta […]

Leia mais

Sindicatos filiados