Em Campinas, Sindicato paralisa Itaú Bonfim contra demissões e assédio moral

02.12.2020

Em janeiro, quatro demissões. Pressão por metas é rotina   A agência Bonfim do Itaú em Campinas está paralisada desde as 7h30 de hoje, terça-feira, dia 7. Coordenada pelo Sindicato dos Bancários de Campinas e Região, a paralisação é um protesto contra as demissões e contra o assédio dos gestores, que usam a política de […]

Em janeiro, quatro demissões. Pressão por metas é rotina
 

A agência Bonfim do Itaú em Campinas está paralisada desde as 7h30 de hoje, terça-feira, dia 7. Coordenada pelo Sindicato dos Bancários de Campinas e Região, a paralisação é um protesto contra as demissões e contra o assédio dos gestores, que usam a política de cortes de vagas do banco como ameaça, instrumento para intensificar ainda mais a cobrança por metas abusivas. Em janeiro último, por exemplo, foram quatro demissões.

Apesar de bater novamente o recorde de lucro – R$ 14,6 bilhões em 2011, divulgado hoje; aumento de 9,7% sobre 2010 e rentabilidade sobre o patrimônio líquido de 22,3% –  o Itaú demitiu 139 funcionários no ano passado na base do Sindicato; em 2010, foram 100 demissões. Em janeiro deste ano já foram dispensados 32 bancários e nesses primeiros dias de fevereiro foram cortados cinco postos de trabalho. “A luta contra as demissões e o assédio moral começa pela agência Bonfim porque seus gestores transformaram os cortes num instrumenhto de pressão. Sem falar que ao demitir tripudiam sobre os funcionários, alegam falta de perfil, desmotivação. E, como se não bastasse as demissões, transferem funcionários a bel prazer; em 2011, foram cinco”, frisa o presidente do Sindicato, Jeferson Boava. Segundo ele, o combate às demissões e a luta por melhores condições de trabalho não para na agência Bonfim.

Reunião da COE – A Comissão de Organização dos Empregados (COE) Itaú se reúne nesta sexta-feira, dia 10, na sede da Contraf. Na pauta, luta pelo emprego. No mesmo dia, às 15h, os sindicatos se reúnem com o banco.                                                    

Fonte: Assessoria de Imprensa do Sindicato dos Bancários de Campinas e Região

Notícias Relacionadas

Conferência Interestadual aprova eixos para Conferência Nacional de 2024

Sindicatos dos Bancários debateram propostas e aprovaram pautas em defesa do trabalhador. Documento será apresentado em Conferência Nacional para discussão na Campanha Salarial de 2024 Delegações de 21 regionais dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul se reuniram nesta quinta e sexta-feira, 11 e 12 de abril, para debater propostas que serão […]

Leia mais

Abertura da Conferência Interestadual da Feeb SP/MS conta com delegações de 21 regionais

  Primeiro dia de evento amplia visão sobre o futuro do Sistema Financeiro, Cenário Econômico Nacional e Avanço Tecnológico  A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) abriu nesta quinta-feira (11) a Conferência Interestadual dos Bancários de 2024. O tema central do evento deste ano é “Categoria […]

Leia mais

Proposta da Caixa para PcD é frustrante

Contudo, houve definição sobre pagamento dos deltas da promoção por mérito A proposta da Caixa Econômica Federal sobre redução de jornada e priorização de empregadas e empregados PcD, ou que tenham filhos de até seis anos com deficiência, frustrou a representação dos trabalhadores. “Na proposta do banco, somente há possibilidade de redução da jornada com […]

Leia mais

Sindicatos filiados