Encontro Nacional de Mulheres Bancárias acontece de 25 a 27 de novembro

14.11.2013

O 3º Encontro Nacional de Mulheres Bancárias acontece entre os dias 25 e 27 de novembro, no Instituto Cajamar, em São Paulo.  Com o tema "Não mexe comigo que eu não ando só", o evento é realizado pela Contraf e deve reunir cerca de 150 dirigentes sindicais, independentemente do gênero.  Com base na metodologia da […]

O 3º Encontro Nacional de Mulheres Bancárias acontece entre os dias 25 e 27 de novembro, no Instituto Cajamar, em São Paulo.  Com o tema "Não mexe comigo que eu não ando só", o evento é realizado pela Contraf e deve reunir cerca de 150 dirigentes sindicais, independentemente do gênero. 

Com base na metodologia da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal), os temas que serão debatidos defendem a autonomia das mulheres como fator fundamental para garantir o exercício de seus direitos humanos em um contexto de plena igualdade, assim como o controle sobre seu próprio corpo, a geração de renda e de recursos próprios e a participação na tomada de decisões que afetam sua vida e a coletividade.

Entre os participantes estão Sonia Montaño, diretora da divisão de gênero da Cepal, Juvandia Moreira, presidenta do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, Erika Kokay, deputada fedral (PT-DF), Marilane Teixeira, economista e psquisadora da ESIT/Unicamp e assessora sindical, Giovanni Alves, docente da Unesp de Marília, e Carmem Foro, vice-presidenta da CUT Nacional.

A palestra de abertura será "Rosa Luxemburgo na atualidade", com a especialista Isabel Loureiro. "Ficamos sempre encantadas com as frases de Rosa Luxemburgo estampadas nas camisetas e será um ótimo momento para conhecer um pouco da vida e obra desta revolucionária", afirma Deise Recoaro, secretária de Mulheres da Contraf.

Também será debatida a formação do Coletivo Nacional de Mulheres, com aprovação de calendário de atividades, com a finalidade de dinamizar as campanhas e formular políticas para a categoria, que sempre foi referência na luta por igualdade.

O evento contará com a instalação de uma creche para atender aos filhos das participantes com idade entre 1 e 7 anos.

*Com informações da Contraf

Notícias Relacionadas

Após repercussão das denúncias de assédio sexual, Pedro Guimarães pede demissão

Testemunhos das vítimas vieram a público na terça-feira (28) e assustam pela quantidade de casos e pelo grau de desrespeito e crueldade; Ministério Público investiga em sigilo O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, entregou seu pedido de demissão na tarde desta quarta-feira (29) ao presidente da república, Jair Bolsonaro. A decisão foi tomada […]

Leia mais

NOTA OFICIAL

NOTA OFICIAL Pelo imediato afastamento de Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal, e o acolhimento e preservação das vítimas Nós, bancárias de todo o Brasil, manifestamos nossa indignação pelos atos de assédio sexual praticados por Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal, que ganharam repercussão na noite de desta terça-feira, 28/06/2022, ao serem divulgados […]

Leia mais

Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul repudia ações de Pedro Guimarães, acusado de assédio sexual

Além de apuração das denúncias, representação dos empregados pede afastamento do presidente da Caixa Após se tornar pública a acusação de assédio sexual feita por diferentes empregadas da Caixa Econômica Federal ao presidente Pedro Duarte Guimarães, a Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul, se solidariza com as vítimas e manifesta […]

Leia mais

Sindicatos filiados