Encontro Nacional dos Trabalhadores do Bradesco formaliza pauta de reivindicações específica

13.06.2022

Teletrabalho, remuneração, segurança e saúde são alguns dos principais pontos da minuta Durante o Encontro Nacional dos Trabalhadores do Bradesco, realizado na última quinta-feira (9), em formato híbrido, bancárias e bancários aprovaram a minuta específica de reivindicações. O documento inclui pautas relacionadas ao teletrabalho, remuneração, segurança, saúde, previdência complementar, condições de trabalho, emprego e auxílio […]

Durante o Encontro Nacional dos Trabalhadores do Bradesco, realizado na última quinta-feira (9), em formato híbrido, bancárias e bancários aprovaram a minuta específica de reivindicações. O documento inclui pautas relacionadas ao teletrabalho, remuneração, segurança, saúde, previdência complementar, condições de trabalho, emprego e auxílio educação.

O documento será entregue à direção do banco nesta terça-feira (14). Para o movimento sindical a participação de todos os trabalhadores foi fundamental para a elaboração da minuta. “Saímos do encontro com bastante disposição de luta, reconhecendo o processo de transformação que o sistema financeiro está passando. Entendemos que os trabalhadores precisam ter posicionamento e lutar pelos direitos conquistados com muita luta”, explica Lourival Rodrigues, representante da Federação dos Bancários dos estados de Sao Paulo e Mato Grosso do Sul.

Concentração de renda

O evento contou com apresentação do técnico do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), Gustavo Cavarzan, que mostrou como o desempenho dos bancos no início de 2022 deixou de ser definido pela pandemia e passou a espelhar o modelo econômico concentrador de renda do país. O especialista destacou o aumento da pobreza, da inflação e consequente o endividamento das famílias em linhas de créditos caras, que se tornam receita nos balaços do bancos.

Segurança nas unidades de negócio

O Brasil terminou 2021 com 18.302 agências bancárias. São 2.351 a menos do que o registrado no início da pandemia, segundo dados do Banco Central (BC). Motivo: a covid-19 impulsionou os pagamentos e o atendimento bancário por meios digitais. Segundo dados do BC, a rede de agências bancárias está diminuindo no Brasil desde 2017. Mas os fechamentos aceleraram na pandemia de covid-19. Foram 1.334 de março a dezembro de 2020 e mais 1.017 em 2021. A queda acumulada na pandemia foi de 11% e levou a rede de agências bancárias ao menor patamar da série histórica, iniciada em 2007.

O banco que mais reduziu a rede de atendimento presencial na pandemia foi o Bradesco. A instituição fechou 1.527 agências desde março de 2020. Muitas delas, foram transformadas em Unidade de Negócios.

O Encontro Nacional dos Trabalhadores do Bradesco debateu, ainda, a defesa do emprego, da democracia e a reconstrução do Brasil.

Fonte: Contraf Cut com Edição Feeb SP/MS

Notícias Relacionadas

Comando Nacional dos Bancários entregará minuta de reivindicações à Fenaban no dia 18

No mesmo dia, trabalhadores do BB e da Caixa farão a entrega das minutas específicas de cada banco O Comando Nacional dos Bancários entregará à Federação Nacional do Bancos (Fenaban), na próxima terça-feira (18), a minuta de reivindicações que servirá de base à Campanha Nacional de 2024, para a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho […]

Leia mais

Bancários aprovam minuta de reivindicações da Campanha Nacional 2024

Documento, que servirá de base à renovação da Convenção Coletiva de Trabalho da categoria, será entregue à Fenaban no próximo dia 18 Bancárias e bancários, de todo o Brasil, aprovaram, em assembleias realizadas nesta quinta-feira (13), a minuta de reivindicações que servirá de base à Campanha Nacional de 2024, para a renovação da Convenção Coletiva […]

Leia mais

Contraf-CUT pede informações à Caixa sobre PDV

Objetivo é garantir a transparência do processo e amenizar ansiedade dos trabalhadores A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) enviou, nesta terça-feira (11), um ofício à Caixa Econômica Federal solicitando informações sobre o Programa de Desligamento Voluntário (PDV) do banco. No ofício, a Contraf-CUT observa que “o prazo de adesão” ao PDV “se […]

Leia mais

Sindicatos filiados