Entidades dos associados à Cassi querem mais informações

30.03.2021

Entre os questionamentos estão a redução dos valores de coparticipação e a ampliação da lista de medicamentos Entidades que representam os funcionários do Banco do Brasil e associações se reuniram ontem (29), com a diretoria da Cassi para debaterem a redução dos valores de coparticipação e ampliação da lista de medicamentos abonáveis. A representação dos […]

Entre os questionamentos estão a redução dos valores de coparticipação e a ampliação da lista de medicamentos

Entidades que representam os funcionários do Banco do Brasil e associações se reuniram ontem (29), com a diretoria da Cassi para debaterem a redução dos valores de coparticipação e ampliação da lista de medicamentos abonáveis.

A representação dos funcionários do BB reivindicou à direção da Caixa de Assistência dos Funcionários (Cassi) a apresentação de informações relacionadas à situação, a discussão da redução dos valores de coparticipação e a ampliação da lista de medicamentos abonáveis. De acordo com a representação dos funcionários do BB, uma nova reunião agendada para tratar as questões.

A categoria cobrou respostas ao compromisso feito em Mesa de “Negociação entre a diretoria da Cassi e as entidades com relação à retomada dos índices de coparticipação praticados em 2018 e a discussão sobre a ampliação da Lista de Materiais e Medicamentos Abonáveis da Cassi (Limaca)”, explica Jeferson Boava, presidente da Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

De acordo com os representantes das entidades, para a continuidade do debate são necessárias mais informações sobre a operadora, entre elas, questões sobre cadastrados na Estratégia de Saúde da Família e como está sendo feita a ampliação, uma vez que isso consta na reforma estatutária da Cassi e defendida pelas entidades.

Para o movimento sindical, a Cassi não traz números sobre quanto tem arrecadado a título de coparticipação, já que neste momento não dá para abrir mão de receita. “O debate é que a coparticipação nunca deve ser tratada como receita, mas como forma de regular o atendimento e não de proibir ou coibir, dado o elevado custo que isso acaba tendo”, explica Boava.

Para a Feeb a situação atual demonstra custo elevado para os associados, razão pela qual se faz necessária a volta dos patamares anteriores.
Estratégia de Saúde da Família

Os representantes das entidades dos funcionários lembraram que a ampliação do modelo assistencial com quadro e estrutura própria é central para a sustentabilidade da Cassi. Os estudos realizados pela diretoria de saúde durante as negociações do superávit (2015-2018) comprovam que é possível ampliar a cobertura da Estratégia de Saúde da Família e os cuidados aos bancários da ativa e aos aposentados e pensionistas.

Abaixo-assinado
Também foi lembrado na reunião o abaixo-assinado apresentado à direção da Cassi e promovido por parte dos associados. O abaixo-assinado alerta o Conselho Deliberativo da Cassi e a Diretoria executiva para que a busca do equilíbrio a qualquer custo, fere o objetivo da lei e os direitos adquiridos e também pode matar pessoas. Pode ainda negligenciar tratamento que em uma relação de causa e efeito custará muito mais aos cofres da Cassi no futuro.

 

Notícias Relacionadas

Bancários aprovam acordos de trabalho do Santander

97,18% dos funcionários aprovaram o acordo com o banco Bancários do banco Santander de todo o país aprovaram, nesta quinta-feira (22), com 97,18% dos votos, o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) geral dos funcionários, aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria bancária, o ACT do Programa de Participação nos Resultados Santander (PPRS) e […]

Leia mais

Negociação dos Financiários continua sem avanços

Financeiras apresentam proposta abaixo da expectativa da categoria Representantes dos Financiários e a Federação Interestadual das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Fenacrefi) se reuniram nesta quinta-feira (22) para dar continuidade às negociações da campanha salarial da categoria. A pauta de reivindicações da categoria, com data-base em 1º de junho, foi entregue no dia 15 […]

Leia mais

Bancários do Santander participam de Assembleia nesta quinta-feira (22/9)

Votação acontece em plataforma eletrônica das 8h às 20h Nesta quinta-feira (22), bancários do Santander de todo o país participam de Assembleias para avaliar o Acordo Coletivo de Trabalho, o Acordo Coletivo de Trabalho sobre a Participação nos Lucros e Resultados (PPRS) e o Termo de Relações Laborais, todos com validade por dois anos. Os […]

Leia mais

Sindicatos filiados