Federação dos Bancários aponta falha nas condições de trabalho do Santander

24.03.2022

Medidas tomadas sem negociação tem prejudicado o bancário Medidas adotadas pelo Banco Santander como a contratação de terceiros para executar serviços bancários e reduzir custos, ampliação de horários de atendimentos, implantação de altas metas, entre outras, vem sendo analisadas e discutidas pelo movimento sindical. Para a representação dos bancários, na prática, a postura demonstrada pelo […]

Medidas tomadas sem negociação tem prejudicado o bancário

Medidas adotadas pelo Banco Santander como a contratação de terceiros para executar serviços bancários e reduzir custos, ampliação de horários de atendimentos, implantação de altas metas, entre outras, vem sendo analisadas e discutidas pelo movimento sindical. Para a representação dos bancários, na prática, a postura demonstrada pelo banco não condiz com a imagem que a instituição busca transmitir, a de um banco da inovação.

Outro ponto reprovado pelos sindicatos é a falta de comunicação e de negociação com o movimento sindical, ação que além de ferir o acordo com a categoria, enfraquece a relação entre bancário e o banco.

Para o bancário, a ampliação do horário de atendimento, por exemplo, reflete na falta de funcionários. Como solução, os sindicatos defendem novas contratações a fim de amenizar a sobrecarga existente.

Com relação ao recente comunicado enviado ao banco aos funcionários sobre o retorno ao trabalho presencial dos trabalhadores do grupo de risco para Covid-19, a orientação dos representantes é para que o funcionário que se sinta prejudicado com a decisão e inseguro para retomar, procure opinião do médico assistente, relate a situação e uma vez constatada a não recomendação do profissional, apresente novo laudo ao RH do Banco.

Já quanto à compensação das horas extras negativas, a representação explica que as negociações seguem até agosto. A proposta do banco é o aumento do tempo de compensação das horas. A representação os bancários defende a anistia total ou parcial das horas.

 

Notícias Relacionadas

Chapa apoiada pelo Sindicato vence eleições Banesprev 2023

Todos os candidatos apoiados pelo Sindicato, Feeb SP/MS, Contraf-CUT, e demais entidades sindicais de todo o Brasil, entraram nas vagas de titulares e suplência. A chapa Em Defesa do Banesprev saiu vitoriosa do processo eleitoral para a Diretoria Administrativa, Conselho Deliberativo, Conselho Fiscal e Comitê de Investimentos do plano. O Sindicato parabeniza aos eleitos, em […]

Leia mais

ELEITA COM 98,6% DOS VOTOS NOVA DIRETORIA DO SINDICATO DOS BANCÁRIOS DE GUARATINGUETÁ

Foi eleita nessa última quinta-feira (21/09) a nova diretoria para o exercício de 2024-2028.Apuração foi acompanhada pelo presidente da Feeb SP/MS, David Zaia.  Bancários e Bancárias de Guaratinguetá e Região elegeram a chapa 1 do Sindicato (Com Inovação e Dedicação Faremos a Diferença!) com a expressiva aprovação de 98,6% dos votos válidos, em um pleito […]

Leia mais

COE debate emprego, remuneração, agências e segurança bancária com o Itaú

Reunião foi realizada nesta quarta-feira, na sede do banco, em São Paulo A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú se reuniu com a direção do banco, na última quarta-feira (20), para discutir demandas relacionadas ao emprego, remuneração, agências e segurança bancária. Na ocasião, a representação dos trabalhadores buscou compreender a estrutura organizacional e […]

Leia mais

Sindicatos filiados