Federação orienta aprovação do acordo sobre teletrabalho com BB

26.11.2020

A Comissão de Empresa dos Funcionários (CEBB) e o Banco do Brasil concluíram o acordo coletivo sobre teletrabalho, durante a terceira rodada de negociação realizada no dia 24 deste mês de novembro; a primeira ocorreu no dia 27 de outubro e a segunda no último dia 11. A Federação dos Bancários de SP e MS […]

A Comissão de Empresa dos Funcionários (CEBB) e o Banco do Brasil concluíram o acordo coletivo sobre teletrabalho, durante a terceira rodada de negociação realizada no dia 24 deste mês de novembro; a primeira ocorreu no dia 27 de outubro e a segunda no último dia 11. A Federação dos Bancários de SP e MS orienta os sindicatos a realizarem assembleia a partir do dia 9 de dezembro. E mais: orienta aprovação do citado acordo coletivo.

O acordo terá validade pós pandemia do novo coronavírus. Na prática, quando encerrar o Estado de Calamidade Pública, decretado no dia 20 de março e válido até o dia 31 de dezembro deste ano. Caso o prazo do decreto seja prorrogado, continuará em vigor o acordo emergencial sobre teletrabalho, aprovado anteriormente em assembleia virtual.

Avaliação

Para a dirigente sindical e representante da FEEB SP/MS na CEBB, Elisa Ferreira, “num momento de desregulamentação do trabalho, que vivemos no país, contratar as condições e regras sobre o teletrabalho representa um avanço, uma importante conquista. Novamente, a categoria bancária sai na frente neste processo que, com certeza, irá servir de paradigma para as demais”.

Principais pontos do acordo

Definição: trabalho remoto
Toda e qualquer prestação de serviços realizada remotamente, de forma preponderante ou não, fora das dependências do banco ou em local diferente do de lotação do funcionário, com a utilização de tecnologias da informação e comunicação.

Modalidades do trabalho
O trabalho remoto poderá ocorrer:
a) Na residência do funcionário, o qual se denomina home office.
b) Em outras dependências do banco, empresas parceiras ou em coworkings (espaços colaborati-vos) internos, o qual se denomina on office.

Equipamentos para o trabalho remoto fornecidos pelo banco
a) Equipamento eletrônico corporativo (desktop ou notebook).
b) Acessórios (mouse, teclado, headset).
c) Cadeira ergonômica.

Ajuda de custo
a) R$ 80,00/mês para funcionários que atuarem em mais de 50% dos dias úteis do mês, com adesão ao trabalho remoto na modalidade home office.

Facultatividade: A adesão ao teletrabalho deve ser facultativa ao funcionário.

Controle de jornada: O banco implantará um sistema de controle da jornada, para evitar que haja excesso de trabalho e “pedidos” fora do expediente.

Desconexão: Serão repassadas instruções e orientações para desconexão (sair do sistema), en-cerrar o expediente do dia.

Manutenção dos equipamentos: será de responsabilidade do banco.

Saúde: Além de oferecer equipamentos ergonômicos, o banco se compromete em manter cuidados especiais com a saúde dos funcionários que exercerem suas atividades em home office.

Violência doméstica: Conforme estabelecido na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria, o banco criará uma Central de Atendimentos para as bancárias vítimas de violência doméstica.

Auxílio refeição e alimentação e vale transporte: Serão mantidos os direitos aos vales refeição e ali-mentação e ao vale-transporte.

Acompanhamento pelo sindicato: Os sindicatos terão acesso aos funcionários que exercerem seus trabalhos fora das dependências do banco.

Notícias Relacionadas

Santander implementa teletrabalho em áreas administrativas

Modalidade é válida para áreas administrativas e contemplam eixo São Paulo e Rio de Janeiro O Santander anunciou que irá implementar o teletrabalho (home office). A modalidade é válida para bancários das áreas administrativas, lotados majoritariamente no eixo São Paulo e Rio de Janeiro, segundo as regras previstas na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria. As […]

Leia mais

Santander paga PLR e demais adicionais no dia 28 de fevereiro

Representantes da Comissão de Organização de Empregados (COE/Santander) foram informados nesta terça-feira (01), sobre a data de pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR). O valor será creditado no dia 28 deste mês. Junto com a PLR bancárias e bancários do Santander receberão os percentuais do Programa Próprio de Resultados do Santander (PPRS), do […]

Leia mais

Feeb SP/MS monta grupo de trabalho para discutir metas com Banco Itaú

Prazo para organização de grupos de representação se encerrou no último dia 31 Bancários representados pela Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul formalizaram o pedido junto ao banco para montagem de um grupo de trabalho para discussão de metas. De acordo com a cláusula 87 da Convenção Coletiva […]

Leia mais

Sindicatos filiados