Feeb SP/MS orienta aprovação do relatório da Cassi 2023

07.05.2024

A votação começou nesta segunda (6) e vai até o dia 17 de maio; os votos poderão ser realizados pelo site, SISBB, aplicativo da Cassi ou terminais de autoatendimento do Banco do Brasil A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) orienta a aprovação do Relatório Anual […]

A votação começou nesta segunda (6) e vai até o dia 17 de maio; os votos poderão ser realizados pelo site, SISBB, aplicativo da Cassi ou terminais de autoatendimento do Banco do Brasil

A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) orienta a aprovação do Relatório Anual da Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil (Cassi). A votação começou nesta segunda-feira (6) e vai até às 18 horas do dia 17 de maio. Todas as associadas e associados à Cassi podem votar pelo site, SISBB, aplicativo (app) da Cassi ou autoatendimento do BB (saiba como votar em cada plataforma).

Clique aqui para acessar o relatório.

De acordo com o movimento sindical, o relatório anual da Cassi, reflete a realidade financeira atual da entidade. Representantes dos trabalhadores avaliam que houve avanço no último período, como os repasses das chamadas ‘reclamatórias trabalhistas’, pelo BB à Cassi. “São decisões positivas que resultam de anos de negociação do movimento sindical com o banco”, explica David Zaia, presidente da Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS).

As Reclamatórias Trabalhistas são verbas salariais e remuneratórias de funcionários, que o BB devia em cumprimento de decisões judiciais ou definidas em conciliação entre as partes. Após anos de negociação, em janeiro deste ano, a Cassi e o BB alcançaram um entendimento a respeito desses repasses que correspondem a R$ 339,5 milhões.

A Feeb SP/MS orienta a aprovação do relatório e defende o equilíbrio financeiro da Cassi e a expansão da oferta da Atenção Primária à Saúde (APS), também conhecida como Estratégia Saúde da Família.

Reservas financeiras

A Cassi concluiu o ano de 2023 com R$ 1,3 bilhão em reservas financeiras livres, recursos que são “superiores aos ativos garantidores exigidos pela ANS [Agência Nacional de Saúde Suplementar]”, diz a entidade no Relatório 2023 (clique aqui para acessar). A Cassi destaca ainda que o ano foi fechado com um superávit de aproximadamente R$ 20 milhões.

A publicação destaca também que, em 2023, foram concluídas obras para as CliniCassi, em Brasília e Fortaleza, além de aprovada a contratação de mais especialistas, para atender tanto as clínicas quanto as equipes da APS. O avanço da estratégia saúde da família é visto de forma positiva pelos representantes dos trabalhadores que consideram que o equipamento possibilita uma melhor qualidade de vida aos associados e seus familiares, além da APS significar redução de custos dos planos de saúde.

Notícias Relacionadas

Caixa cancela negociação sobre redução de jornada para responsáveis por PcD

Empregados cobram, há mais de um ano, o direito à redução da jornada para pais, mães ou responsáveis por PcD A Caixa Econômica Federal cancelou hoje, na última hora, a reunião de negociação sobre a concessão do direito à redução da jornada para pais, mães ou responsáveis por pessoas com deficiência ou transtorno do espectro […]

Leia mais

União faz a força dos trabalhadores e consagra o “22 de Maio por mais Direitos” em Brasília

23/05/2024 A Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb-SP/MS) foi representada pelo presidente do Sindicato dos Bancários de Campinas, Lourival Rodrigues, durante o 22 de Maio por Mais Direito, realizado ontem (22), em Brasília. O ato uniu a classe trabalhadora de todo o Brasil em […]

Leia mais

Dirigentes da base da Feeb-SP/MS recebem segundo módulo do curso de formação da Contraf-CUT

Programa trata da estruturação histórica das organizações sindicais e da luta dos trabalhadores O Curso de Formação Sindical para Dirigentes, da Secretaria de Formação da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), estreia o seu segundo módulo nesta sexta-feira (17) e no sábado (18) para as bases da Federação dos Bancários de São Paulo […]

Leia mais

Sindicatos filiados