Fenaban propõe reajuste de 7% e Comando indica greve a partir do dia 30

19.09.2014

A Fenaban propôs reajuste salarial de 7%, durante a sétima rodada de negociação com o Comando Nacional dos Bancários, realizada hoje (19) em São Paulo, quando se discutiu as chamadas cláusulas econômicas. O índice de 7% (reposição da inflação, mais 0,61% de aumento real), vale também para a PLR, auxílios refeição, alimentação e creche. Para […]

Crédito: Tiago Silva - Contraf

A Fenaban propôs reajuste salarial de 7%, durante a sétima rodada de negociação com o Comando Nacional dos Bancários, realizada hoje (19) em São Paulo, quando se discutiu as chamadas cláusulas econômicas. O índice de 7% (reposição da inflação, mais 0,61% de aumento real), vale também para a PLR, auxílios refeição, alimentação e creche. Para o piso, o reajuste proposto é de 7,5% (1,08% acima da inflação). Para o Comando, que se reuniu logo após a sétima rodada, as propostas para as cláusulas econômicas são insuficientes. Diante desse quadro, o Comando decidiu indicar greve por tempo indeterminado a partir do próximo dia 30. Para deliberar sobre a Campanha, os Sindicatos realizam assembleias até o dia 25.

> Leia também: Bancos não apresentam proposta para emprego e fim das metas abusivas

Proposta econômica dos bancos

Reajuste de 7% (0,61% de aumento real).

Piso portaria após 90 dias – R$ 1.235,14 (7,5% – aumento real de 1,08%).

Piso escritório após 90 dias – R$ 1.771,73 (7,5% – aumento real de 1,08%).

Piso caixa/tesouraria após 90 dias – R$ 2.393,33 (salário mais gratificação mais outras verbas de caixa), significando 1,08% de aumento real).

PLR regra básica – 90% do salário mais R$ 1.812,58, limitado a R$ 9.723,61. Se o total ficar abaixo de 5% do lucro líquido, salta para 2,2 salários, com teto de R$ 21.391,93.

PLR parcela adicional – 2,2% do lucro líquido dividido linearmente para todos, limitado a R$ 3.625,16.

Antecipação da PLR

Primeira parcela depositada até dez dias após assinatura da Convenção Coletiva e a segunda até 2 de março de 2015.

Regra básica – 54% do salário mais fixo de R$ 1.087,55, limitado a R$ 5.834,16 e ao teto de 12,8% do lucro líquido – o que ocorrer primeiro.

Parcela adicional – 2,2% do lucro líquido do primeiro semestre de 2014, limitado a R$ 1.812,58.

Auxílios

Auxílio-refeição – R$ 24,80.

Auxílio-cesta alimentação e 13ª cesta – R$ 425,20.

Auxílio-creche/babá (filhos até 71 meses) – R$ 353,86.

Auxílio-creche/babá (filhos até 83 meses) – R$ 302,71.

Gratificação de compensador de cheques – R$ 137,52.

Requalificação profissional – R$ 1.210,04.

Auxílio-funeral – R$ 811,92.

Indenização por morte ou incapacidade decorrente de assalto – R$ 121.072,92.

Ajuda deslocamento noturno – R$ 84,75.

Calendário

25/09 – Prazo para os sindicatos realizarem assembleias

26/09 – Quinta rodada de negociação com o Banco do Brasil

Fonte: Sindicato dos Bancários de Campinas 
 

Notícias Relacionadas

Proposta sobre Teletrabalho vai avançar

Reivindicações da categoria avançam nas negociações sobre trabalho remoto, mas Comando dos Bancários cobra agilidade na resposta sobre a proposta global A proposta da categoria bancária para o trabalho remoto avançou nas negociações realizadas na tarde desta quinta-feira (11) com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). “Tivemos evolução no Teletrabalho que se torna cláusula da […]

Leia mais

Caixa se nega a criar GT para discutir contencioso da Funcef

Banco avalia que o tema já é tratado pela própria fundação de previdência dos trabalhadores Em reunião de negociações da Campanha Nacional dos Bancários 2022, realizada nesta quarta-feira (10), com a Comissão Executiva dos Empregados (CEE), a Caixa Econômica Federação se negou a atender a reivindicação para que seja criado um grupo de trabalho (GT) […]

Leia mais

Atos pela democracia ocorrem em todo o País e reafirmam o compromisso contra o autoritarismo

Data de 11 de agosto marca a leitura de um manifesto contra ditadura militar em 1977 Brasileiros de inúmeras regiões do País realizaram nesta quinta-feira (11), atos em defesa do estado democrático de direito. Milhares de entidades representativas foram às ruas manifestar a defesa pela garantia da democracia e do sistema eleitoral eletrônico. A data […]

Leia mais

Sindicatos filiados