Greve amplia no 20º dia em Campinas

08.10.2013

A greve ampliou ainda mais hoje (08/10), 20º dia da mobilização nacional. Na base do Sindicato foram fechados 315 locais de trabalho, sendo 201 em Campinas e 114 em 29 cidades da região. O crescimento da greve foi em Louveira e no bairro Alphaville em Campinas. Ontem (07/10), 19º dia, foram fechados 309, sendo 196 […]

A greve ampliou ainda mais hoje (08/10), 20º dia da mobilização nacional. Na base do Sindicato foram fechados 315 locais de trabalho, sendo 201 em Campinas e 114 em 29 cidades da região. O crescimento da greve foi em Louveira e no bairro Alphaville em Campinas. Ontem (07/10), 19º dia, foram fechados 309, sendo 196 em Campinas e 113 em 29 cidades da base do Sindicato. No país, ontem a greve fechou 11.717 agências e centros administrativos de bancos públicos e privados nos 26 estados e no Distrito Federal. “A greve permanece forte na base do Sindicato e no país. É uma greve de resistência, onde a categoria mostra disposição de luta para forçar a Fenaban a reavaliar sua postura e apresentar uma proposta de acordo que contemple as questões econômicas e sociais”, avalia o presidente do Sindicato, Jeferson Boava,

Assembleia dia 10, quinta, no Sindicato

O Sindicato realiza assembleia de avaliação da greve nesta quinta-feira, dia 10, às 18h, na sede em Campinas.

Quem parou no 20º dia: 30 cidades

Campinas – 201 locais de trabalho: Bancos públicos e privados instalados na área central da cidade; bairros Bonfim, Avenida João Jorge, Cambuí, Avenida Saudade, Avenida Amoreiras, Unicamp, Castelo, Taquaral, Proença, Norte-Sul, Ouro Verde, Guanabara, Ceasa, agências do Santander no Shopping Iguatemi e Jardim Londres, Jardim do Trevo, Avenida Barão de Itapura, Vila Nova, Barão Geraldo e Alphaville.

Região – 114 locais de trabalho – 29 cidades: Água de Lindóia, Americana, Amparo, Arthur Nogueira, Cabreúva, Cosmópolis, Elias Fausto, Engenheiro Coelho, Espírito Santo do Pinhal, Estiva Gerbi, Holambra, Hortolândia, Indaiatuba, Itapira, Itatiba, Jaguariúna, Louveira, Mogi Guaçu, Mogi Mirim, Monte-Mor, Nova Odessa, Pedreira, Paulínia, Santo Antonio de Posse, Serra Negra, Socorro, Sumaré, Valinhos e Vinhedo.

Jairo Gimenez – Sindicato dos Bancários de Campinas

Notícias Relacionadas

CEBB negocia com o banco cláusulas econômicas e representação sindical

Ao término da negociação, bancários leram manifesto pela democracia Bancários do Banco do Brasil se reuniram nesta sexta-feira (12) com o banco para mais uma negociação da Campanha Nacional dos Bancários 2022, que tem por objetivo a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) específico dos trabalhadores do Banco do Brasil e do aditivo à […]

Leia mais

Federação dos Bancários orienta Sindicatos para realização de lives na próxima semana

Objetivo é promover o dialogo com a categoria e fortalecer pautas de luta na Campanha Nacional Conforme orientação do Comando Nacional, todo o movimento sindical deve dialogar com a categoria na próxima semana. A Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul, reforça o pedido para os seus 23 sindicatos filiados, para […]

Leia mais

Negociações entre COE Santander e banco avançam

Esforço dos sindicatos foi fundamental para o avanço de pautas especificas para mulheres Nesta sexta-feira (12), representantes da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Santander se reuniu com o banco para dar continuidade às negociações da Campanha Nacional dos Bancários 2022, que tem por objetivo a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) específico […]

Leia mais

Sindicatos filiados