Greve dos bancários amplia no

10.10.2020

A greve dos bancários atingiu hoje (1º/10), terceiro dia da paralisação nacional iniciada na última quarta-feira, 159 agências em Campinas e Região. Desse total, 88 em Campinas e 71 em 23 cidades da região, envolvendo 3.825 bancários. Ontem, segundo dia, 131 agências.   Para o presidente do Sindicato dos Bancários de Campinas e Região, Jeferson […]

A greve dos bancários atingiu hoje (1º/10), terceiro dia da paralisação nacional iniciada na última quarta-feira, 159 agências em Campinas e Região. Desse total, 88 em Campinas e 71 em 23 cidades da região, envolvendo 3.825 bancários. Ontem, segundo dia, 131 agências.
 
Para o presidente do Sindicato dos Bancários de Campinas e Região, Jeferson Boava, “a categoria está com firme disposição de luta e preparada. Diante da falta de proposta da Fenaban, o movimento vai ampliar ainda mais”. Jeferson cobra a proposta de aumento real anunciada pelo diretor de Relações do Trabalho da Fenaban, Magnus Apostólico, nos jornais. “No último dia 22 a Fenaban apresentou verbalmente a proposta de repor somente a inflação (4,29%); rejeitada pela categoria. Já nos jornais o representante dos bancos menciona o aumento real. Concretamente, o processo de negociação está suspenso e os bancários em greve exigem nova proposta, que contemple o aumento real dos salários”. Jeferson informou que a greve continua na próxima semana.
 
Assembleia – O sindicato realiza nova assembleia nesta segunda-feira, dia 4, às 18h, na sede do sindicato.
 
Quadro da greve
 
1º dia: 29/09
Agências fechadas: 99
Campinas: 61
Região: 38
Bancários em greve: 2.985
Cidades na greve: Campinas, Americana, Amparo, Cabreúva, Cosmópolis, Espírito Santo do Pinhal, Hortolândia, Indaiatuba, Itatiba, Jaguariúna, Mogi Guaçu, Monter Mor, Nova Odessa, Paulínia, Serra Negra, Socorro, Sumaré, Valinhos e Vinhedo.
No país: 3.864 agências
 
 
2º dia: 30/09
Agências fechadas: 131
Campinas: 71
Região: 60
Bancários em greve: 3.387
Cidades em greve: Campinas, Americana, Amparo, Cabreúva, Cosmópolis, Elias Fausto, Espírito Santo do Pinhal, Hortolândia, Indaiatuba, Itatiba, Jaguariúna, Mogi Guaçu, Monte-Mor, Nova Odessa, Paulínia, Serra Negra, Socorro, Sumaré, Valinhos e Vinhedo
No país: 4.895 agências
 
 
3º dia: 1º/10
Agências fechadas: 159
Campinas: 88
Região: 71
Bancários em greve: 3.825
Cidades em greve: Campinas, Americana, Amparo, Artur Nogueira, Cabreúva, Cosmópolis, Elias Fausto, Espírito Santo do Pinhal, Hortolândia, Indaiatuba, Itatiba, Jaguariúna, Mogi Guaçu, Mogi Mirim, Monte-Mor, Nova Odessa, Paulínia, Pedreira, Serra Negra, Socorro, Sumaré, Valinhos e Vinhedo
 
Bancários reivindicam:
Emprego
Mais contratações
Ampliar a contratação de mulheres, negros e pessoas com deficiência, garantindo igualdade de oportunidades
Garantia de emprego
Qualificação e requalificação profissional
Remuneração e Previdência
Reajuste salarial de 11% (inflação do período mais 5% de aumento real).
Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de três salários mais R$ 4 mil para cada funcionário
Piso salarial no valor do salário mínimo do Dieese (R$ 2.157,88).
Elevação do auxílio-refeição, cesta-alimentação, 13ª cesta-alimentação e auxílio-creche/babá para o valor de um salário mínimo para cada item
Previdência Complementar para todos os bancários
Sistema Financeiro
Regulamentação do artigo 192 da Constituição Federal
Regulamentação da remuneração dos executivos
Democratização e ampliação do Conselho Monetário Nacional (CMN)
Regulamentação do papel social dos bancos
Fim dos correspondentes bancários
Saúde do Trabalhador
Fim das metas abusivas
Combate ao assédio moral
Proteção contra os riscos de acidente de trabalho ou doença ocupacional
Programa de Reabilitação Profissional
Prevenção de adoecimento e promoção da saúde da mulher
Assistência médica, hospitalar, odontológica e medicamentosa
Segurança Bancária
Assistência médica e psicológica às vítimas de assaltos, sequestros ou extorsões
Ampliação dos equipamentos de prevenção
Adicional de risco de vida de 30% para agências, postos e tesouraria
Proibição de transporte de valores e guarda das chaves pelos bancários
Estabilidade provisória para vitimas de assaltos, sequestros e extorsões
 
 
Jairo Gimenez
Assessoria de Imprensa
Sindicato dos Bancários de Campinas e Região
(19) 3731-2688

Notícias Relacionadas

Bancários do Santander realizam Dia de Luta

Protestos ocorreram presencialmente nas agências e pela internet Bancários do Santander, mobilizados pela Comissão de Organização dos Empregados (COE), realizaram nesta terça-feira (06), um Dia de Luta em protesto às decisões do banco espanhol, entre elas, a terceirização, a perda de direitos e mais recentemente a compensação de horas não trabalhadas nos dias dos jogos […]

Leia mais

EDITAL 2022 – CONSELHO DE REPRESENTANTES

Clique no link abaixo e veja o edital de conselho de representantes 2022. EDITAL 2022 CONSELHO DE REPRESENTANTES (2)

Leia mais

Dia Mundial de Combate à Aids

O dia 1º de dezembro é o Dia Mundial  de Combate à Aids. A data foi escolhida pela Organização Mundial de Saúde e é celebrada anualmente desde 1988 no Brasil, um ano após a Assembleia Mundial de Saúde que fixou a data de comemoração. O objetivo da data é conscientizar as pessoas para o problema, acabar […]

Leia mais

Sindicatos filiados