Grupo propõe novas cláusulas de remuneração e remete índice à plenária

22.07.2012

Crédito: Alan de F. Brito Rede de Comunicação dos Bancários Alan de F. Brito e Cláudia Motta O grupo que debateu as reivindicações de remuneração que farão parte da pauta a ser entregue aos banqueiros definiu, na tarde deste sábado 21, no segundo dia da 14ª Conferência Nacional dos Bancários, em Curitiba, que o índice […]

Crédito: Alan de F. Brito

Rede de Comunicação dos Bancários
Alan de F. Brito e Cláudia Motta

O grupo que debateu as reivindicações de remuneração que farão parte da pauta a ser entregue aos banqueiros definiu, na tarde deste sábado 21, no segundo dia da 14ª Conferência Nacional dos Bancários, em Curitiba, que o índice de reajuste dos salários e a fórmula da PLR serão definidos pela plenária final do evento, neste domingo. O grupo decidiu também incluir novas cláusulas sobre remuneração para a Campanha Nacional 2012.

Por exemplo, facultar aos funcionários em férias o adiantamento de salário na época da concessão, cujo desconto se dará em 10 vezes sem juros. Além disso, oferecer a opção do valor em dinheiro no lugar de vale-transporte – para uso com combustível ou fretado -, já que o entendimento dos trabalhadores é de que a empresa deve custear o transporte do empregado.

Piso – Também foi definido que o piso salarial a ser reivindicado será o salário mínimo previsto pelo Dieese, no valor de R$ 2.416,38.

Auxílios – O valor do salário mínimo oficial, atualmente de R$ 622, é a reivindicação dos bancários para os vales-refeição e também para a cesta-alimentação. Também será reivindicado que o pagamento seja estendido aos aposentados e trabalhadores afastados, além da licença-maternidade e licença-paternidade que está prevista na pauta de saúde. O auxílio-creche/babá também terá o valor do salário mínimo oficial vigente.

Os bancários também aprovaram no grupo a inclusão na pauta do pagamento integral de auxílio-educação para graduação e pós-graduação.

Plenária definirá índice

Por decisão dos trabalhadores reunidos no grupo de remuneração, foram encaminhados para decisão da plenária geral, que será realizada na manhã deste domingo, os valores do índice, o formato da PLR, da gratificação de caixa, a regulamentação da remuneração variável e o pagamento do adicional de hora extra.

Também será debatida a reivindicação do vale-cultura.

Notícias Relacionadas

Bancários criam Comitê de Luta durante Congresso Nacional

Comitê nacional lutará para defender o BB como instituição pública e em apoio a projeto de Governo que fortaleça o banco e sua função social, de indutor do crescimento econômico com geração de emprego e renda O papel do Banco do Brasil na reconstrução do país foi um dos temas em destaque no 33° Congresso […]

Leia mais

Coe Itaú entrega pauta de reivindicação específica ao Banco

O documento é resultado do Encontro Nacional dos Bancários do Itaú Os representantes da Comissão de Organização dos Empregados (COE) Itaú entregaram nesta quinta-feira (23), a pauta de reivindicação específica do banco. O documento é resultado do Encontro Nacional dos Bancários do Itaú. “Reafirmamos o nosso compromisso com o banco de negociação permanente, através da […]

Leia mais

Campanha Nacional: Bancários definem temas das próximas negociações com os bancos

Demissão em massa pelo Mercantil do Brasil no Rio de Janeiro; abono do banco de horas negativas e retirada de pauta do PL 1043/2019, também foram pautas do primeiro dia de negociação O Comando Nacional dos Bancários definiu nesta quarta-feira (22), os temas das reuniões de negociações com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). Os […]

Leia mais

Sindicatos filiados