GT de Saúde do Itaú cobra cumprimento da cláusula 87 da CCT

15.06.2023

Movimento sindical quer acompanhar as formas de cobranças de metas e suas consequências para os trabalhadores O Grupo de Trabalho (GT) de Saúde do Itaú-Unibanco se reuniu com a direção do banco, na manhã desta quarta-feira (14), em reunião híbrida, para iniciar o cumprimento da cláusula 87 da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), negociada na […]

Movimento sindical quer acompanhar as formas de cobranças de metas e suas consequências para os trabalhadores
O Grupo de Trabalho (GT) de Saúde do Itaú-Unibanco se reuniu com a direção do banco, na manhã desta quarta-feira (14), em reunião híbrida, para iniciar o cumprimento da cláusula 87 da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), negociada na Campanha Nacional de 2022, sobre metas. O texto prevê o debate sobre as formas de acompanhamento das metas estipuladas para cada trabalhador e suas cobranças.

No encontro, os dirigentes sindicais apresentaram os levantamentos dos sindicatos e relataram os problemas que os trabalhadores estão enfrentando nos últimos meses por conta da cobrança excessiva de metas.

Representantes dos trabalhadores reforçaram a importância da apresentação de números aos bancos. “Falamos sobre a nossa preocupação com os números de doenças psíquicas relacionadas ao trabalho, consequência da sobrecarga e da cobrança abusiva de metas. Situações que tem levado trabalhadores ao adoecimento, em especial a esgotamentos como a Síndrome de Burnout”, diz Walmir Santos, representante da Feeb SP/MS.

Representantes citaram, ainda, falta de eficácia com o canal da prevenção de conflito. De acordo com os dirigentes sindicais, os números mostram que o assédio moral e o adoecimento só aumentam.  “Reforçamos a situação e cobramos que o banco se responsabilize, dialogue e  proponha soluções”, disse Walmir.

Por fim, uma pauta de negociação com vários temas relacionados à saúde e condições de trabalho foi entregue ao banco. Um calendário foi criado pelo GT para tratar de temas urgentes relacionados ao adoecimento da categoria.

O banco se comprometeu a trazer, na próxima reunião a resposta de todos os casos denunciados.

Contraf Cut,  com edição Feeb SP/MS

Notícias Relacionadas

Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul entrega minuta de reivindicações à Fenaban

A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) entregou nesta terça-feira (18) à Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) a minuta de reivindicações que servirá de base para a Campanha Nacional de 2024, que visa a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho. A entrega aconteceu em São Paulo, […]

Leia mais

Comando Nacional dos Bancários entregará minuta de reivindicações à Fenaban no dia 18

No mesmo dia, trabalhadores do BB e da Caixa farão a entrega das minutas específicas de cada banco O Comando Nacional dos Bancários entregará à Federação Nacional do Bancos (Fenaban), na próxima terça-feira (18), a minuta de reivindicações que servirá de base à Campanha Nacional de 2024, para a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho […]

Leia mais

Bancários aprovam minuta de reivindicações da Campanha Nacional 2024

Documento, que servirá de base à renovação da Convenção Coletiva de Trabalho da categoria, será entregue à Fenaban no próximo dia 18 Bancárias e bancários, de todo o Brasil, aprovaram, em assembleias realizadas nesta quinta-feira (13), a minuta de reivindicações que servirá de base à Campanha Nacional de 2024, para a renovação da Convenção Coletiva […]

Leia mais

Sindicatos filiados