HSBC muda regras do plano de saúde e funcionários são prejudicados

21.01.2013

Na quarta-feira (16/01), o Movimento Sindical se reuniu com a direção do HSBC para discutir as alterações no plano de saúde implementadas pelo banco. A partir deste ano os titulares do plano, no caso os funcionários, não pagarão mais o valor mensal da contribuição. Em compensação, a contribuição dos dependentes será reajustada de acordo com […]

Na quarta-feira (16/01), o Movimento Sindical se reuniu com a direção do HSBC para discutir as alterações no plano de saúde implementadas pelo banco.

A partir deste ano os titulares do plano, no caso os funcionários, não pagarão mais o valor mensal da contribuição. Em compensação, a contribuição dos dependentes será reajustada de acordo com uma tabela.

Para piorar, a co-participação nas consultas, procedimentos ambulatoriais e exames simples passarão de 15% para 20%. Antes, a co-participação era cobrada somente a partir da sétima consulta. Agora será cobrada a partir do primeiro atendimento. O teto da co-participação também foi extinto, ou seja, não haverá limite para a cobrança, que antes da mudança era de R$ 160,23.

Os aposentados também sentirão a mudança, pois passarão a contribuir de acordo com a faixa etária dos titulares e seus dependentes.

Segundo o banco, estas mudanças foram necessárias para manter a qualidade do plano de saúde, justificativa esta que os dirigentes sindicais presentes na reunião rechaçaram, afirmando ainda que não concordam com as mudanças implementas unilateralmente pelo HSBC.

Uma nova reunião vai acontecer no dia 6 de fevereiro para dar prosseguimento às discussões sobre o assunto, não sendo descartada a adoção de medidas jurídicas para manter os direitos dos trabalhadores do HSBC.

Fonte: Seeb Franca

Notícias Relacionadas

Dirigentes da base da Feeb-SP/MS recebem segundo módulo do curso de formação da Contraf-CUT

Programa trata da estruturação histórica das organizações sindicais e da luta dos trabalhadores O Curso de Formação Sindical para Dirigentes, da Secretaria de Formação da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), estreia o seu segundo módulo nesta sexta-feira (17) e no sábado (18) para as bases da Federação dos Bancários de São Paulo […]

Leia mais

Bancários se preparam para Conferência Nacional da categoria

Consulta aos trabalhadores nas bases sindicais de todo o país e conferências estaduais e regionais servirão de subsídio para os debates nacionais que levarão à construção da pauta de reivindicações e da estratégia da Campanha Nacional 2024 Bancárias e bancários de todo o país se reúnem, em São Paulo, entre os dias 4 e 9 […]

Leia mais

Lucro da Caixa cresceu 49% no 1º trimestre de 2024

Com 1,56 milhão de novos clientes e 168 empregados a menos no quadro de pessoal, aumenta também a sobrecarga A Caixa Econômica Federal anunciou na noite de quarta-feira (15) um lucro líquido recorrente de R$ 2,88 bilhões no primeiro trimestre de 2024, alta de 49,1% em comparação ao mesmo período de 2023 e de 0,5% em relação […]

Leia mais

Sindicatos filiados