INSS corrige reajuste de benefícios para 6,20%; teto vai a R$ 4.159

11.01.2013

DE SÃO PAULO O Ministério da Previdência corrigiu para 6,20% o reajuste dos aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Ontem, foi divulgado o reajuste de 6,15%. O valor foi corrigido hoje devido ao índice de inflação INPC, para 6,20%, anunciado mais cedo pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) –ou […]

DE SÃO PAULO

O Ministério da Previdência corrigiu para 6,20% o reajuste dos aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Ontem, foi divulgado o reajuste de 6,15%.

O valor foi corrigido hoje devido ao índice de inflação INPC, para 6,20%, anunciado mais cedo pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) –ou seja, acima da previsão inicial feita pelo governo.

A medida vale para o benefício de janeiro, cujo pagamento cai em fevereiro.

Com a mudança, o novo teto da Previdência Social será de R$ 4.159,00, contra os R$ 4.157,05 definidos ontem.

Os índices de reajustes dos benefícios e a nova tabela de contribuição dos segurados empregados, empregados domésticos e trabalhadores avulsos será republicada amanhã no "Diário Oficial", sexta-feira (11), atualizando os valores.

O reajuste impacta 9,2 milhões de benefícios acima do piso previdenciário.

SALÁRIO MÍNIMO

Quem recebe um salário mínimo, atualmente em R$ 622, terá direito a um reajuste maior, de 9% (R$ 678), já que esse é o aumento que o governo estipulou para o piso nacional.

Como esse também é o menor valor pago pelo INSS, alguns segurados que antes não recebiam o mínimo passarão a ganhar pelo piso. É o caso de benefícios até R$ 638,41, que ficariam abaixo do novo salário mínimo com o reajuste de 6,15%.

O novo mínimo atinge 20 milhões de benefícios e representa impacto líquido de R$ 10,7 bilhões nos benefícios.

Fonte: Folha de S.Paulo

Notícias Relacionadas

Eleições Economus – Ainda dá tempo de votar!

Passamos da metade do período do pleito, que vai eleger dois membros ao conselho deliberativo e um membro ao conselho fiscal do Economus. Até esta sexta-feira (19), 28% dos eleitores haviam exercido o direito ao voto. A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (FEEB SP/MS) e seus sindicatos […]

Leia mais

Banco do Brasil aprova atualização da Tabela PIP para beneficiar trabalhadores do Previ Futuro

Mudança na Pontuação Individual do Participante permite aumento na contribuição adicional e soma mais recursos para a aposentadoria, atendendo a antiga reivindicação dos funcionários O Banco do Brasil aprovou as mudanças na Tabela PIP (Pontuação Individual do Participante), uma reivindicação antiga dos trabalhadores, que permitirá aumentar a contribuição adicional para a aposentadoria. O anúncio foi […]

Leia mais

Eleições da Funcef: votação segue até sexta-feira (19)

Participantes da ativa e assistidos dos planos de previdência podem votar até sexta-feira (19), mas a orientação é não deixar para a última hora Teve início nesta terça-feira (16), a votação para as Eleições Funcef. Participantes dos planos de previdência da Funcef podem votar para definir quem vai ocupar a diretoria de Administração e Controladoria, […]

Leia mais

Sindicatos filiados