Itaú prevê aumento de 11% a 14% na carteira de crédito total em 2013

05.02.2013

Por Daniela Machado e Carolina Mandl | Valor Econômico  SÃO PAULO – O Itaú Unibanco espera um crescimento entre 11% e 14% de sua carteira de crédito total neste ano, após expansão de 7,4% em 2012. Ao apresentar o balanço do último trimestre, nesta terça-feira, o banco também estimou que as despesas com provisões para […]

Por Daniela Machado e Carolina Mandl | Valor Econômico 

SÃO PAULO – O Itaú Unibanco espera um crescimento entre 11% e 14% de sua carteira de crédito total neste ano, após expansão de 7,4% em 2012.

Ao apresentar o balanço do último trimestre, nesta terça-feira, o banco também estimou que as despesas com provisões para crédito de liquidação duvidosa (PDD) devem ficar entre R$ 19 bilhões e R$ 22 bilhões em 2013.

Apenas no quarto trimestre do ano passado, essas despesas foram de R$ 5,7 bilhões (dentro do intervalo estimado), levando a cifra do ano para R$ 23,64 bilhões.

Ao longo de 2012, as despesas de PDD cresceram 18,7% na comparação com 2011, configurando um dos fatores mais importantes para determinar a retração de 7% que o lucro líquido contábil do banco teve no ano passado.

A projeção para as receitas de prestação de serviços e resultados com seguros, previdência e capitalização é de aumento de 11% a 14% neste ano, enquanto as despesas não decorrentes de juros devem ter crescimento de 4% a 6%.

Para o índice de eficiência ajustado ao risco, o Itaú projeta uma melhoria de 2 a 4 pontos percentuais em 2013. O indicador foi de 45,4% no ano passado, com recuo de 1,9 ponto percentual (a expectativa do banco era de uma melhoria entre 2 e 3 pontos percentuais). Neste caso, quanto mais baixo o índice, melhor a eficiência.

Notícias Relacionadas

CEBB negocia com o banco cláusulas econômicas e representação sindical

Ao término da negociação, bancários leram manifesto pela democracia Bancários do Banco do Brasil se reuniram nesta sexta-feira (12) com o banco para mais uma negociação da Campanha Nacional dos Bancários 2022, que tem por objetivo a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) específico dos trabalhadores do Banco do Brasil e do aditivo à […]

Leia mais

Federação dos Bancários orienta Sindicatos para realização de lives na próxima semana

Objetivo é promover o dialogo com a categoria e fortalecer pautas de luta na Campanha Nacional Conforme orientação do Comando Nacional, todo o movimento sindical deve dialogar com a categoria na próxima semana. A Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul, reforça o pedido para os seus 23 sindicatos filiados, para […]

Leia mais

Negociações entre COE Santander e banco avançam

Esforço dos sindicatos foi fundamental para o avanço de pautas especificas para mulheres Nesta sexta-feira (12), representantes da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Santander se reuniu com o banco para dar continuidade às negociações da Campanha Nacional dos Bancários 2022, que tem por objetivo a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) específico […]

Leia mais

Sindicatos filiados